Últimos assuntos
» [Parceiro] Bulba RPG
II - Absolute Zero EmptySeg Set 16, 2019 10:35 am por L Mars

» [DADOS] Korihime
II - Absolute Zero EmptyDom Set 15, 2019 12:17 pm por Ellery

» [BOX] Korihime Onigawa
II - Absolute Zero EmptyDom Set 15, 2019 12:16 pm por Ellery

» IV - Brisa Suave...
II - Absolute Zero EmptyDom Set 15, 2019 11:17 am por Orion

» {FP} Yuno Onigawa
II - Absolute Zero EmptyDom Set 15, 2019 11:05 am por Orion

» [FP] Korihime Onigawa
II - Absolute Zero EmptyDom Set 15, 2019 11:05 am por Orion

» iaiaiaiaiaô
II - Absolute Zero EmptyDom Set 15, 2019 9:40 am por Orion

» Utilidade — Pedido de Avaliadores
II - Absolute Zero EmptyQua Set 11, 2019 4:08 pm por Heiwas

» Descrição — Botanical Gym
II - Absolute Zero EmptySeg Set 09, 2019 7:03 pm por Orion


II - Absolute Zero

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty II - Absolute Zero

Mensagem por Merlin em Dom Jul 21, 2019 11:25 am


Primeiros Passos
Rota 18/ Frio 10ºC / 13:00
Naquele início de tarde, meu grupo destinava-se à rota 18 depois de algumas complicações em Snowden Town. Retirando um mapa de minha mochila, traçava o caminho mais rápido até a cidade que eu faria minha primeira exploração. Não tinha tantos dados do local que eu precisava ir, mas deveria seguir pela rota 19 primeiramente.

O clima frio mantinha-se presente na rota 18, mas sem muitas fontes de calor específicas da cidade, a temperatura logo caía e mostrava-me que eu deveria ser rápida naquele local, ou poderia morrer congelada juntamente dos outros. Meu objetivo principal naquela rota era treinar minha equipe e fazer mais algumas aquisições, logo precisava arriscar-me em locais mais hostis.

Objetivos escreveu:

  • Capturar Phantump (Se possível um desafio contendo isso).
  • Derrotar alguns Grunts.






Última edição por Merlin em Seg Ago 12, 2019 8:11 pm, editado 2 vez(es)
Merlin
Masculino
Mensagens : 87

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Sammy em Dom Jul 21, 2019 12:13 pm

Desafios
Escolha dois dos quatro desafios




Era Glacial  


Merlin está em um Deserto Ártico, Desertos Árticos são meus biomas favoritos, sabia? Bem, isso não importa. A madame está em um dos lugares mais mortais de Aurille, estes desertos são friorentos e traiçoeiros. Elabore uma situações perigosa neste bioma, e além disso capture ou lute com algum pokémon II - Absolute Zero 1028539287 ou II - Absolute Zero 3353791043, II - Absolute Zero 4004985719.


Recompensa:
+1 Nivel
1x Ice Gem

Tudo que te resta


Uma nevasca está chegando, é melhor correr. Desenvolva uma aventura em volta do efeito Hail e lute com um Aurille Dwebble.


Recompensa:
+1 Nível
+300 Ienes

Espinhos de Gelo
★★


Merlin andava tranquilamente sobre a neve, quando de repente caia em uma fossa congelada e camuflada pelo branco. Agora ela está em uma caverna muito elegante e bonita, interaja com o lugar.



Recompensa:
+1 Nível
1x Fresh Water

Gelou-se
★★


Frosslass está cansada de você, ela quer seguir carreira solo, sua trouxa. Tente reverter a situação, tente anima-la e peça perdão por alguma coisa, que você não fez.


Recompensa:
+1 Nível
4x Rainbow Shard
Sammy
Masculino
Mensagens : 830

Avaliador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Merlin em Qua Jul 24, 2019 2:05 am


Tooth and Claw
Rota 18/ Frio -10ºC / 15:10
Apesar de estar de tarde, a entrada do outono favorecia a oscilação de temperatura e ao decorrer da formação de neve pelo ambiente, era obrigada a camuflar-me com algumas roupas felpudas que acabavam com uma parcela do frio, mas ficava aberta mantendo meu tronco bem visto pela frente. Com a baixa temperatura, tinha a chance perfeita de liberar Froslass para ser minha guia naquele passeio pela rota 18, entretanto a mesma estava ressentida com alguma atitude ou ausência de uma ao seu respeito e mantinha-se mais quieta, mas com uma pitada de ironia que essa fazia questão de expressar a cada palavra que eu soltava. ''Ela tá doida para ir para Box'' Resmungava internamente, mas ainda não formava uma opinião sobre tais delírios.

As coníferas espalhadas pelo mapa em pinceladas monótonas relembravam-me uma visita a um museu da vovó, onde havia visto um quadro específico dos arredores de Snowbelle City e o líder Wulfric numa versão mais nova. Mantendo-me nas referências, precisava prestar atenção em cada passada, pois poderia perder-me no bosque e ser caçada pelos carnívoros dali. Não havia tido tanta conversa desde nossa entrada, estava muito frio para alguém abrir a boca e perder tempo com monotonias. Além disso, Angelina havia ficado mais quieta depois dos últimos acontecimentos com duas pessoas que ela conhecia bem e que agora estavam seladas na caixa de Pandora.

Aproveitando da lembrança, não havia conseguido acessa-la e uma boa parte da minha energia estava sendo consumida a cada uso, o que me obrigava a descansar e dar um tempo para a tal. Ainda havia muitos objetos mágicos para encontrar que estavam espalhados pelas propriedades da minha família, ambos haviam sido destinados para cada uma das crianças especiais que haviam sido analisadas por cada um que compunha o Conselho dos Pendragon, então apenas precisaria reivindica-los educadamente já que eu seria a próxima líder ou apenas tomar na força bruta, havia apenas uma direção do próximo objeto... Illuce City.

O silêncio presente na rota indicava apenas que algo estaria para acontecer, um período de calmaria é seguido por um período de tormenta. Se eu pudesse acessar o mundo espiritual igual a velha, poderia tomar atitudes prévias que evitassem-nas, mas ainda precisava evoluir bastante e com a ajuda de novos mestres, pois não retornaria para os braços da Morgana. Como esperado, passos aproximavam-se e eram muitos dele, cruzando em nossa direção e quase nos acertando se não fosse uma árvore gigante nos bloqueando das cabeças das presas. Um grito forte e agudo acompanhava a fuga repentina, uma criatura de tamanho mediano tentava destrinchar um filhote.

Aquela visão e os gritos da presa deixavam-me aflita com a situação, teria que ajuda-lo e desviar a seleção natural dessa vez. O cervo sofria com o golpe disferido pelo animal bípede que já cravava suas mandíbulas na dorsal do mesmo, deixando-o bem machucado, mas ainda podia ser salvo das garras da malfeitora. Liberando a esfera da companheira inicial, ordenava para a mesma lançar seu Ember em tal direção e para nossa sorte conseguia desviar a atenção da predadora do filhote que levantava-se ainda ferido, conseguindo fugir para a selva de gelo, mas ainda deixava uma trilha de sangue. Para nossa sorte, um ranger patrulhava aquelas redondezas e por não estar tão longe do Centro Pokémon, a corça teria seus devidos cuidados.

Ficava feliz por uns instantes e até apontava a Pokédex para a presa ferida, mas esse entrava numa pane inicial e logo podia reparar que tratava-se de uma espécie recém-descoberta pelos pesquisadores e que ainda precisaria de mais alguns dados para ser inserida oficialmente nos dados de tal item. Com o apetrecho rubro ainda em mãos, apontava-o na direção da fuinha noturna que encarava-me com os beiços ainda cobertos de sangue da mordida que havia travado no pobre Deerling, o mesmo conseguia fugir com minha ajuda e isso causava uma certa irritação no pequeno carnívoro que agora nos via como rivais de caçada.

Sneasel #215
II - Absolute Zero 1677461242 II - Absolute Zero 1028539287
Pokémon Garra Afiada

Suas patas escondem garras afiadas. Se atacado, de repente, estende as garras e assusta seu inimigo. Sneasel escala as árvores perfurando suas garras na casca. Este Pokémon procura ninhos desprotegidos e rouba ovos para comida enquanto os pais estão fora.

Fennekin vs Sneasel

- Faça uso do Ember e depois prossiga com o Howl. - Ordenei, mantendo uma postura mais contida em relação ao combate e guardando um movimento especial que a raposa havia aprendido anteriormente, não sendo usado até então. De outro lado, a oponente apenas afiava as garras no chão e estava furiosa com o que tinha ocorrido, sua vontade era de atacar a treinadora e promover a rivalidade entre pokémons Fire e Ice mais uma vez.

O que surpreendia-me de fato era a velocidade altíssima da pokémon, essa movia-se de forma tão ágil que em alguns momentos eu apenas observava vultos, rondando-nos numa esperança de emplacar seus golpes e criar uma tensão já esperada. Com tantos golpes falsos, a mesma havia preparado uma armadilha e no momento exato liberava energia para suas pernas, como um flash a pokémon atingia a rival, lançando-a para trás. O canídeo apenas abria sua bocarra e usava seu típico movimento, cuspindo uma dúzia de brasas sobre a fuinha e causando um dano elevado.

Com uma rodada ofensiva, o clima do segundo momento iniciava mais morno, Fennekin começava a uivar numa tentativa de aumentar seu poder físico para o próximo golpe, contudo Sneasel mostrava-se mais rápida e bloqueava tal golpe com o Taunt. Posicionando suas mãos na frente do seu corpo, a mesma iniciava um movimento provocativo e debochado que faziam os uivos calmos virarem latidos esganiçados completos por ódio.

- Que seja, vamos incendia-lo com o Flame Charge, use sua carga máxima para derruba-la. - Proferia, sem muitos pretextos e apenas ansiando por um resultado final, enquanto pensava em outras formas de combatê-la.

Olhares se perseguiam e sincronizavam juntos, ambos focavam na feição dos seus oponentes, pois juravam que podiam detê-los com seus golpes. De início, a fuinha teve a audácia de expelir o Icy Wind sobre a quadrúpede que entrava em combustão e criava uma enorme bola de fogo que envolvia-a por completo, o ar denso e gelado concentrava-se nas pernas da criatura, mas devido a quantidade de fogo acabava sendo inútil e uma colisão contra a pokémon obscura deixava-a bastante fragilizada para outras rodadas.

Completa de ódio, o animal revelava sua natureza específica e estava preparada para tudo, partia para cima da oponente sem esperar que a mesma revidasse, a ausência de um segundo comando era um fator crucial e eu havia sido pego de surpresa, a resistência daquele ser precisava ser igualada à da raposa. - Corra em frente, depois gire, pegue impulso e acerte-a com o Flame Charge. Dessa vez é para valer! - Proferi.

O movimento rival não havia acabado e tendo uma expectativa nula de errar, apenas era necessário combater frontalmente. Seguindo nossa estratégia arriscada, o pokémon conseguia traçar um caminho circular e estando paralelamente ajustada com sua rival, decidia o momento final. Ambas corriam em tal direção, um choque fazia as chamas da raposa pulverizarem a neve e a energia caótica nos braços da Sneasel tentavam conter a proporção daquele golpe, mas acabava sendo tarde demais e Fennekin passava com tudo para cima da mesma, derrotando-a com a última investida flamejante.

Final da Batalha

Embora tivesse algumas desavenças, a criatura apenas estava caçando para suprir suas vontades vitais e não podia impedi-la de mudar tal comportamento a não ser capturando-a, sobretudo ainda era uma excelente aquisição ter uma pokémon tão rápida e letal quanto esta, além de outra parceira para guiar-nos pela rota mais calma já que conhecia muito bem tal local. Retirando uma pokébola vazia de minha bolsa, encostava seu botão na testa da pokémon inconsciente, um brilho específico sugava-a para o interior e após alguns momentos, a captura dava-se de forma bem sucedida.

Ademais, ao derrotar tal criatura eu tinha acesso à área onde essa geralmente caçava e uma trilha de pegadas quase humanas chamavam minha atenção. Sem perder tempo, retornava Fennekin para dentro da esfera juntamente da recém-capturada e seguia viagem juntamente da fragilizada Froslass, ainda teria que pensar numa maneira de mudar seu humor ácido o quanto mais rápido, pois necessitaria de sua ajuda nos próximos eventos.

Off escreveu:




Merlin
Masculino
Mensagens : 87

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Aegir em Qua Jul 24, 2019 12:26 pm

Atualização
Merlin
Eu me surpreendi. Não foi um post ruim não ahuahuahua. Na real o seu pecado mesmo são essas letrinhas minúsculas, sugiro que dê um jeito em aumentá-las ou mudar de template, se for o caso. No mais, gostei da postagem. Essa Merlin é uma personagem certamente misteriosa e isso se agrega à alegoria que ela carrega, a tal da "caixa de pandora", apesar de ser muito subliminar, tem o seu charme; só tome cuidado com essa subjetividade, não pese muito pois pode ficar confuso demais. Aqui você soube dosar. Parabéns.

PRÊMIO
II - Absolute Zero 653
+2 Níveis
Subiu ao Lv 16
Já pode evoluir!

pokeball
Sneasel capturada ao Lv 15
Aegir
Masculino
Mensagens : 341

Avaliador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Merlin em Qua Jul 24, 2019 11:51 pm


Gamma Mode 2.0
Rota 18/ Frio -10ºC / 16:40

Desafio - Gelou-se + Vs. Gamma

Após uma captura bem-sucedida, seguíamos pela trilha de neve e distante da floresta para evitar outras confusões, Sneasel apesar de estar furiosa com Fennekin havia aceitado fazer parte da equipe e logo poderia ser usada em futuros combates depois de ser curada no Centro Pokémon. Enquanto isso, Froslass seguia furiosa comigo e eu não entendia o porquê, não havia nada que tivesse feito para a mesma estar daquele jeito e precisava resolver imediatamente, pois esta dava sinais de querer seguir sozinha, eu considerava tal possibilidade apenas um drama. Angelina mantinha-se calada diante daquele conflito entre treinadora e pokémon, preferindo seguir viagem acompanhada de seu Trevenant apático.

Chegando próximo a um grande pinheiro, percebia algumas marcas de golpes no mesmo e logo mais algumas árvores de pequeno porte arrancadas com tanta violência que acabava surpreendendo-me. Não haviam sido puxadas com as mãos, mas sim golpeadas por um campo de força e atiradas à alguns metros do seu local de origem. Abaixava-me para vasculhar pegadas, sendo o momento único para que a criatura travessa me acertasse com uma pequena bola de neve e me fizesse desequilibrar. Risadas irônicas eram lançadas contra mim, mas em posição de queda eu formulava uma segunda bola e arremessava sobre o espectro, conseguindo atingi-la em cheio no rosto e deixando-a toda desconcertada.

Agora era minha vez de rir da cara dela, o ato provocativo era levado como uma afronta pessoal e a mesma ousava disparar uma rodada de Ice Shard contra mim, mas que para minha sorte atingiam a grande conífera próxima a mim. Aquele ato realmente havia me deixado preocupada e acima de tudo furiosa, uma pokémon rebelar-se contra sua dona era imaginável e principalmente sem motivos. Se ela queria um pouco de plateia, ela receberia o efeito contrário pois eu retornava-a imediatamente para a sua esfera e mantinha-a presa nesta até o momento devido, aquele castigo era mais que ideal.

- Ela está bem ranzinza com você desde a manhã, talvez um pouco de diálogo se- - A mais velha decidia comentar o assunto já que havia mais experiência com pokémons, sobretudo com seu parceiro mais antigo, o Trevenant, mas decidia corta-la pois era inadmissível uma monstrinha surtar e achar que seria parabenizada por isso. - Sinto muito Angelis, mas uma rodada de silêncio e escuridão devem ser suficientes para acalmar o estrelismo da Froslass, palhaço só faz graça porquê a plateia ri e eu não deixarei que a birra dela me vença. - Proferia, estando um pouco indignada, mas era motivo de risos da parte da jovem que apenas observava o seu reflexo antigo e esperaria que o tempo cicatrizasse aquela confusão.

Por não ter alguém apta para nos guiar naquele bioma, seguíamos em frente e logo nos deparávamos com um lago que de início estava congelado por completo, mas com apenas uma camada fina de gelo cobrindo tudo, era mais que suficiente para enganar suas vítimas e mata-las por afogamento ou hipotermia. Sentava próximo à margem, pegava uma pedra e arremessava com força na placa congelada, estralando-a e por fim, fragmentando-a em múltiplos pedaços. Estava visivelmente chateada, eu não havia feito nada para aquela capetinha estar procurando confusão.

Há alguns metros de mim, uma criatura humanoide escondia-se nos arbustos, suas unhas grandes e retorcidas somadas aos cabelos maltratados revelavam uma possível mutação ou apenas um estado de selvageria absurda. Aproveitando que eu estava cabisbaixa, pensando no que teria feito a mesma aproximava-se calmamente e escolhendo uma posição ideal, manipulava ondas telecinéticas que iam de encontro à mim. Eu escutava o grito da minha companhia humana tentando me alertar, mas era tarde demais e conforme a potência do movimento, a mesma poderia até estourar minha cabeça.

Mas não daquela vez... A heroína narcisista não deixaria outra pessoa chutar a bunda da sua treinadora e abrindo seus braços numa posição reativa, lançava uma forte ventania obscura e medonha na direção de seu alvo. Encarava a salvadora com muita surpresa e aproveitava do momento para retirar minha Pokédex de um dos compartimentos da minha mochila, apontando-a em seguida para a pokémon loira.

Jynx #124
II - Absolute Zero 1028539287 II - Absolute Zero 1240221349
Pokémon Forma Humana

Jynx caminha ritmicamente, balançando e sacudindo os quadris como se estivesse dançando. Seus movimentos são tão atraentes, as pessoas que o vêem são obrigadas a sacudir os quadris sem pensar no que estão fazendo.

Froslass vs Jynx

- Double Team seguido do Ominous Wind, derrote-a imediatamente. - Ordenava, mantendo uma estratégia mesclada entre defesa e ataque, não era uma excelente opção, mas com os movimentos que nós possuíamos, era a melhor das opções.

Sendo excepcionalmente mais rápida que a oponente, a pokémon malcriada se dividia em múltiplos clones de si e ambos misturavam-se com o ambiente, escondendo a usuária da visão da oponente. A pokémon beiçuda apenas indagava algumas injúrias que não eram entendidas pelos seus alvos, mas aproveitava da proximidade de um clone para lambe-lo com sua língua pegajosa e desfaze-lo em neve.

Como esperado, a primeira rodada era focada em defender a criatura dos golpes da rival e o segundo seria uma reação à altura. Mexendo seus braços em movimentos harmônicos, a pokémon conjurava um ar fúnebre típico de cemitérios que envolviam o ambiente numa escuridão parcial, sendo emitidos inúmeras rajadas de vento carregadas de tais partículas. Jynx como era denominada pela Dex, fazia uso de um movimento básico seu e já utilizado anteriormente, criando ondas psíquicas com suas estranhas mãos e conjurando sobre todos que estivessem em seu campo espiritual, desfazendo a maioria dos clones e causando um pequeno dano na oponente.

- Tarde demais para sua vitória, adormeça e reduza ao seu estado de origem, Ominous Wind duplo. - Proferi.

Ainda dentro da redoma negra, Froslass usava mais uma vez seu ataque básico e eficaz. Uma ventania negra acertava diretamente a parte frontal da bípede, empurrando-a para trás e impossibilitando-a de se mexer por alguns instantes. O tempo aproveitado era suficiente para Froslass camuflar-se entre seus clones e fugir para fora da redoma, deixando a pokémon psíquica presa em tal. Jynx mais uma vez tentava acerta-la usando o Lick, mas um último clone era revelado e sem chances a pokémon partia para a procura através de seus poderes mentais.

A humanoide ainda encontrara seu oponente com o Miracle Eye, mas pela demora de ter usado tal técnica acabava metendo-se numa enrascada. Com o último golpe preparado, a pokémon maléfica soltava algumas risadas antes de espremer a rival com sua cúpula obscura e derrota-la finalmente. Ficava impressionada com as maneiras que o Ominous Wind fora usado e sem dúvidas, era um movimento bastante poderoso.

Final da Batalha

Froslass havia retomado ao estado pacífico ao final do combate, sua tensão havia sido provocada pela ausência de lutas há alguns dias e a mesma havia se sentido esquecida pela treinadora que desde o dia que a capturou, tinha prometido lapida-la e torna-la um diamante bem refinado. Parabenizava-a ainda orgulhosa e não pediria desculpas primeiro, mas nada disso fora necessário. Treinadora e Pokémon se desculpavam com um abraço fiel e verdadeiro, haviam passado do ponto uma com a outra e não havia motivos para estragar aquela amizade por sentimentos momentâneos.

Angelina observava tudo atenta e não deixava de expressar uma feição contente, não havia precisado de fato de outras complicações como ocorrera consigo e seu parceiro fantasmagórico, talvez seria um dos problemas iniciais de se ter um pokémon Ghost na equipe, esse comportamento era visto muitas vezes nos Fire, mas os fantasmas tinham o dom inicial da confusão, do orgulho, mas principalmente da risada e do afeto. Seguíamos em frente, rumo ao desconhecido mais uma vez...

Off escreveu:

  • Atualizar a ficha do Deino e colocar 7/10 eventos.
  • Decidi misturar ambos os acontecimentos, pois a batalha complementava o que o Desafio pedia.





Merlin
Masculino
Mensagens : 87

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Sammy em Qui Jul 25, 2019 6:22 pm

Atualização
Merlin
A medida certa entre a seriedade e a comédia, talvez sim e talvez não. Seu texto tentou dar graça em momentos que não deviam, começando com o gif das Jynx dançarinas que me mataram de rir. Maaassss... de resto, eu gostei, foi uma boa história. Eu gosto da Merlin, um pequeno ícone de Aurille, mesmo que ninguém ligue para ela.

Frosslass não te merece, você sabe disso : )

PRÊMIO
II - Absolute Zero 478
+1 Nível
Subiu ao Lv 15
93% - Muito Bem
Merlin recebeu:
II - Absolute Zero G53zeju
Rainbow Shard
Recebeu 4x Rainbow Shard.

II - Absolute Zero Sodapop
Soda Pop
Recebeu por conta dos Despojos, 1x Soda Pop.
II - Absolute Zero WvKa0c6
Dinheiro
Por conta da Batalha Pokémon, Merlin recebeu
II - Absolute Zero HsIKCIC500.
Sammy
Masculino
Mensagens : 830

Avaliador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Merlin em Sab Jul 27, 2019 9:00 pm


Encrenca Dupla Feat. Grunts
Rota 18/ Frio 10ºC / 18:30
Finalmente encontrava o Centro Pokémon daquela rota, era bem diferente do que eu esperava, sua estrutura de madeira no início lembrava-me uma pousada, o que de fato era para os treinadores que percorriam tal local. Acompanhada por Angelina, seguíamos na direção da enfermeira do estabelecimento e entregávamos as esferas para a mesma onde receberiam o tratamento adequado. Enquanto isso, nos preparávamos para passar a noite por ali já que uma forte nevasca tomava conta dos arredores e destruía qualquer possibilidade de sobrevivência mesmo acompanhado do tipo Fire mais competente naquele momento.

Podia observar uma certa movimentação na sala de espera e algumas crianças acompanhadas de pokémons em sua primeira forma, eram bem corajosas de se arriscar em tais situações ainda fracos e com tantos criminosos e bestas à solta. Angelina por sua vez, havia ido à cozinha pedir ao chef local para preparar duas xícaras de capuccino e quatro pedaços do seu delicioso bolo de chocolate. Surpreendia-me com a rapidez do mesmo de trazer-nos nossa refeição tal rapidamente, ainda observava uma salada de  berries preparada recentemente e alguns sanduíches vegetarianos. Seria ideal estar bem alimentada, enquanto nossas parceiras estavam sendo tratadas sob os cuidados das poucas enfermeiras que ali residiam.

Alguns minutos haviam sido levados até que a cordial Wigglytuff aparecesse com um carrinho de mão, onde as pokébolas de ambas as viajantes estavam depositadas numa pequena máquina portátil. Guardava-as imediatamente em minha mochila, liberando apenas a pequena Fennekin e observava a minha companheira fazer o mesmo só que deixava o seu Trevenant e quem sabe quais outros em sua mochila, precisava conhece-la melhor antes de tudo. Trevenant já tinha um bom contato com minha equipe, sendo uma dupla e tanto da Froslass que embora tentasse rivalizar com o mesmo, apenas olhares e sorrisos eram soltado pelo mesmo, de forma inocente.

Mas pelo que sabia, o mesmo já era sábio em muitas coisas igualmente a sua treinadora e não importava-se com os dramas da pokémon congelante. O que para a mesma era repugnante, uma estrela merecia a devida atenção que merecia e sobretudo pessoas que se jogassem na lama por ela. Momentos atrás fui premiada com um desses shows, só que uma situação especial obrigou a estrela a driblar os holofotes.

Bebericava o capuccino um pouco, estava realmente delicioso, tinha muitas horas pela qual não encontrava algo tão decente para degustar e numa fração de tempo tão pequena ainda provava os sabores do bolo, havia uma cobertura de Oran Berry somada à outros laticínios que dava mais vontade de consumi-lo. Para nosso azar, não podíamos descansar por muito tempo já que alguns baderneiros causavam do lado de fora e expulsavam os inocentes treinadores para o meio congelante da rota.

Não podia permitir que tal baderna continuasse, com um pulo da Fennekin do meu colo, levantava e seguia porta afora. Ficava perplexa com o símbolo num dos trajes, dessa vez uma dupla. - Essa Team Eclipse é realmente insuportável, o que preciso fazer para livrar-me de vocês? - Perguntava um pouco entediante, aqueles criminosos estavam brotando que nem os flocos de neve naquela zona. Seria tão difícil para a população continuar com sua vida pacata, ou pelo menos mascarada do que acontecia por ali.

Era realmente entediante ver confrontos e destruição de inocentes a cada dia, mas o pior é que a população era muito acomodada e eram vítimas fáceis daqueles bandidos tão fraquinhos. Sem dúvidas a única coisa difícil que ambos forneciam, era o perigo do Pokémon Gamma que eu havia descoberto o nome com o já selado Marcel. - Quem é você? - Indagava, fazendo uma pose estranha já clichê entre sua equipe vilã. - Nós somos o futuro, não se livrará de nós tão facilmente e não conseguiram esse feito nunca. - Proferia o segundo, enquanto sacava a esfera do seu pokémon e lançava-o em campo.

Enquanto a confusão rolava, a enfermeira Joy juntamente de sua parceira gorducha tentavam controlar os jovens medrosos que desesperadamente fugiam para onde encontrassem uma proteção alternativa. Seria realmente desconfortante se aquele local fosse tomado pela Team Eclipse, expulsariam os pokémons e viajantes debilitados além dos mais ousados que enfrentassem-nos, mas tivessem um final trágico. - Vocês são patéticos, se para por fim nessa organização fracassada eu devo destruir um por um, que assim seja! - Disse visivelmente estressada.  

Liberava Sneasel da sua pokébola conforme a entrada do segundo pokémon e apesar da rivalidade existente entre ela e a pokémon de fogo, deveriam cooperar caso pretendessem vencer. Logo após, retirava a pokédex de dentro da minha mochila e apontava na direção de ambos os pokémons, montar uma estratégia com base nas fraquezas dos oponentes seria indispensável.

Sandile #551
II - Absolute Zero 2761673115 II - Absolute Zero 1677461242
Pokémon Crocodilo do Deserto

Ele se move abaixo da superfície da areia, exceto pelo nariz e pelos olhos. Uma membrana escura protege os olhos do sol. Eles vivem enterrados nas areias do deserto. As areias aquecidas pelo sol impedem que a temperatura do corpo caia.


Nuzleaf #274
II - Absolute Zero 1330839837 II - Absolute Zero 1677461242
Pokémon Astuto

Nuzleaf vive em florestas densamente crescidas. Eles ocasionalmente se aventuram para fora da floresta para assustar as pessoas. Este Pokémon não gosta de ter seu nariz comprido apertado. Este Pokémon puxa a folha em sua cabeça e faz uma flauta com ela. O som da flauta de Nuzleaf causa medo e incerteza nos corações das pessoas perdidas em uma floresta.


Fennekin & Sneasel vs Nuzleaf & Sandile

- Reduza a velocidade de ambos com o Icy Wind, Sneasel... Fennekin foque no Howl por enquanto. - Ordenava, mantendo uma jogada mista que me beneficiassem nos próximos turnos. - Nuzleaf use o Nature Power e invoque algum movimento vantajoso contra essa raposa. - Proferia o primeiro. - Sandile impeça os efeitos do movimento rival com o Sand Attack. - Ordenou o segundo.

Sneasel era bastante veloz e isso era mostrado na batalha onde a mesma movia-se velozmente, esperando uma chance para infiltrar na linha de frente. Enquanto isso, iniciava com uma provocação para sua parceira de equipe e dava-lhe um tapa em sua traseira, motivo esse para que o canídeo espirrasse algumas fagulhas em seu rosto. - Parem agora! - Dizia, encarando-as seriamente e causando um desconforto em ambas que logo paravam.

A pokémon de gelo levemente reprimida por mim iniciava a batalha, cuspindo uma enorme quantidade de gelo somadas a uma brisa extremamente gelada para frente. Sandile ainda tentava expelir terra na direção da usuária, mas a mesma logo era cristalizada e destruída pela corrente de vento. O Icy Wind bem executado resfriava os membros inferiores dos dois oponentes, causando um dano extremamente forte em ambos que ainda tinham suas velocidades abaixadas. Só que eles não cairiam tão fácil, não haviam sido treinados para caírem com o primeiro golpe.

Nuzleaf logo mostrava do que era capaz, mas devido a experiência do seu pokémon, utilizava sua aura em vão. O ninja de madeira passava suas virtudes para o solo, mas por desconhecimento do seu mentor, invocava um Ice Beam que apesar de potente queimava completamente ao acertar Fennekin, seu dano ainda era mantido, mas bastante reduzido. - Humph... Você é um inútil mesmo. - Gritava do fundo, aquilo seria suficiente para eu destruí-lo após tal batalha. Fennekin recuperava-se na mesma frequência que o golpe durava, suas forças eram concentradas num poderoso rugido que aumentava seu ataque.

- Muito bem, concentre-se em mais um Howl e Sneasel mantenha-os afastados com o Icy Wind. - Pedia, a rodada decisiva vinha no terceiro momento e uma rodada de ataques fracos de início mostravam que estávamos mais em vantagem do que eu pensava. - Não será dessa vez que você se dará bem, Fake Out. - Proferia. - Aja na surdina, Sand Tomb. - Dizia o segundo, sendo o único estratégico da equipe.

Mais uma vez Sneasel era posta em ação, a pokémon tinha tudo para sair vitoriosa naquele combate e sairia caso deixasse a rivalidade de lado com a parceira de equipe, mas como deixaria? Aquela raposinha havia causado uma vergonha imensa em si, seu posto de mestra das caçadas fora colocado em jogo. Mas deveria ser esquecido, pois aquela treinadora misteriosa a encarava inexpressiva e possivelmente fosse pior do que a pokémon de fogo, ela havia tido sorte de ser capturada e provavelmente a garota quisesse apenas um futuro melhor para si, e  isso ainda precisaria ser testado.

O Icy Wind era mais uma vez lançado contra os rivais que já em velocidade reduzida tinham dificuldade em guiar-se para fugir de tal ataque, para a surpresa dos demais o Nuzleaf arriscava um Fake Out contra a pequena nevasca, de início conseguia rebater alguns pontos do golpe só que era consumido por toda a extensão de tal golpe. Nunca que ele teria tanto poder para vencer o invencível, o olhar de reprovação do seu treinador ainda continuava e o mesmo se arriscava bastante para evitar ser surrado como sempre.

Enquanto isso, Sandile agia por trás e mesmo com o golpe bem dado que recebia, corria na direção da oponente e cravava sua pata no chão, expulsando uma quantidade imaginável do chão que formava ondas até acertar ambos os rivais. A raposa tentava se soltar, mas como areia movediça, a cada medida que fazia o Sand Tomb prendia-a cada vez mais. Só que aquilo não era suficiente para deter uma pokémon bem treinada, sua força de vontade era colocada em jogo e um rugido cada vez mais orgulhoso era lançado. Dessa vez, não apenas ganhava mais forças, mas também uma nova aliada que congelando a areia local, saltava em direção da rival e puxava-a do seu falso enterro. O momento decisivo chegou!

- Atire-o na frente do companheiro com seu Feint Attack parceira... Querida, atinja-os com seu Flame Charge. - Proferia. Os homens estavam calados com o que avistavam, não era a primeira vez que tinham visto uma dupla formar-se assim numa zona tensa, mas seria a última.

Sneasel movia-se como uma flecha, atingia o crocodilo em sua mandíbula e aplicando uma pressão suficiente para lança-lo contra a corpórea do ninja de madeira. Com ambos derrubados no chão, a raposa incinerava-se por completo, uma esfera tão quente como magma engolia toda a sua corpórea e como uma bomba, ela atingia e explodia os dois oponentes. Ambos eram arremessados contra algumas árvores e acabavam sendo derrotados.

Final da Batalha

Apesar de não ter mais ninguém olhando aqueles acontecimentos, não usaria a Caixa de Pandora para trancar tais vermes, eles mereceriam um destino diferente. Suas almas não seriam julgadas por um ser demoníaco que residia naquele item, não seriam meras marionetes, mas sim bons cadáveres para experimentos mais à frente.

Com ambos bestializados com a situação, aproveitava o momento para atingi-los com uma espada que mantinha escondida. Apenas dois golpes bem dados contra ambas as aortas levavam-nos a morte. Batia a espada no ar para livrar-me do sangue e trazendo comigo um pergaminho essencial para livrar-me do corpo, manipulava a realidade com minhas habilidades psíquicas e sugavam-nos para o papel. Um pequeno símbolo era feito logo depois, um eclipse bem falso como era tal organização. Pelo menos seus pokémons estariam livres dessa vez, enquanto os mesmos teriam um bom lugar no inferno.

- Poxa, não é que era bem fácil se livrar de ambos? - Ironizava.

Off escreveu:

  • Atualizar a ficha do Deino e colocar 8/10 eventos.
  • O segundo dado Aqui, revela apenas um Treinador, mas para abordar um plot para ambas as criaturas, decidi colocar dois Grunts no post. Entretanto, fica apenas 1 ponto mesmo para a contagem.





Merlin
Masculino
Mensagens : 87

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Sailor em Dom Jul 28, 2019 9:19 am

Atualização
Nome do Avaliado

Cuidado com essa mulé, ela é pom ro ro pom pom eim!

PRÊMIO
1x Raibow Shard (Evento Vs Grunt)
+1 ponto de evento.
II - Absolute Zero 215
Sneasel subiu ao nível 16.
Sneasel aprendeu o Fury Swipes.

II - Absolute Zero 653
Fennekin subiu ao nível 17.
Fennekin aprendeu o Psybeam.

peça seu ponto de evento no tópico específico.
Sailor
Masculino
Mensagens : 97

Avaliador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Merlin em Dom Ago 04, 2019 11:52 pm


Forest's Curse
Rota 18/ Frio -8ºC / 17:55

Desafio - Era Glacial

Acordávamos bem antes do previsto, da janela dava para observar uma plataforma que nos conectava aos outros quartos e a neve caindo torrencialmente do lado de fora. Ainda era madrugada e uma situação de risco colocava todos os treinadores para baixo, a nevasca estava mais forte do que nunca e muitos dos pokémons que abrigavam-se em tal rota estavam sofrendo bastante ao terem suas casas destruídas e enterradas debaixo do tapete gelado. Logo após uma noite tensa contra alguns bandidinhos, eramos presenteadas pela fúria da natureza, pelo menos meus pokémons tinham aprendido movimentos novos que nos ajudassem futuramente, mas não eram fontes confiáveis de vitória.

Aproveitava o tempo que tinha para me arrumar, vestindo uma roupa mais confortável e resistente ao frio daquele ambiente, Angelina já havia saído há alguns minutos, caso não encontrasse-a entraria naquele resgate acompanhada apenas pelo meu time. Ao sair do quarto percebia que a confusão estava maior do que eu imaginava, o desespero das poucas enfermeiras e suas respectivas parceiras mostravam a ausência de um serviço público eficaz fora da cidade. Ao descer a escadaria, podia observar inúmeros viajantes cobertos de neve trazendo alguns selvagens feridos ou hipotérmicos, a ausência de pokémons de fogo naquela rota dificultavam bastante a vida dos moradores, logo necessitavam de aquecedores.

Por Fennekin já está bem treinada para o que eu precisava, soltava-a da pokébola e pedia para que usasse da sua habilidade para fornecer calor aos mais resfriados. Mantendo minha concentração em procurar cobertores e comidas quentes para o demais, corria para a despensa. Não muito obstante, uma explosão do lado de fora do átrio chamava a atenção dos demais e obviamente me colocava a correr em tal direção. Aquela explosão negra lembrava-me bastante um movimento específico dos vilões, todavia eles haviam sumido desde a última noite e os noticiários revelavam um período de paz momentâneo.

Ao sair do conforto do Centro Pokémon, um vento gelado acertava minha nuca com certa fúria, estremecia e logo virava para trás, deparando-me com uma Mismagius que sobrevoava o local, sumindo em seguida pelo bosque de coníferas. Fora apenas um susto, mas ainda esperava encontrar tal pokémon numa situação mais agradável. Seguia sozinha numa equipe de busca pelo sudeste, onde alguns gritos estridentes deixavam-me com uma pulga atrás da orelha.

Para minha surpresa, uma pequena criatura estava presa entre algumas pedras de uma pequena toca, onde a entrada e boa parte do local estavam soterrados pela neve. Percebia em seguida o usuário que havia aprisionado-o e tentava mata-lo ali, a Mismagius que havia encontrado recentemente. - Se afaste dele ou vai ser pior. - Ameaçava, lançando a pokébola da Froslass para cima. Ambas a fantasma se encaravam com certo rancor, aquelas duas espécies bem sórdidas se estranhavam sempre que se encontravam, por terem uma personalidade tão semelhante, tinham seu ódio justificado. Apenas uma poderia ser a rainha do mal.

Antes que as duas fantasmas sucumbissem à raiva, retirava a pokédex do bolso e datava ambos os selvagens que encontravam-se naquela tensão - o pequeno tronco e a dama dos mortos. Esperaria derrotar tal oponente de imediato, pois só havia trazido Froslass para tal rota, enquanto os demais estariam ajudando no Centro Pokémon e também precisava ajudar o pequeno tipo Grass que estaria exposto a sérios perigos.

Phantump #708
II - Absolute Zero 4004985719 II - Absolute Zero 1330839837
Pokémon Toco

Ao imitar a voz de uma criança, ela faz com que as pessoas fiquem irremediavelmente perdidas no meio da floresta. Está tentando fazer amizade com eles. Um espírito desconhecido veio se alojar em um tronco de árvore, criando este Pokémon. Uma cura para todos pode ser feita a partir de uma infusão de suas folhas verdes.


Mismagius #429
II - Absolute Zero 4004985719
Pokémon Mágica

Temido por sua ira e pelas maldições que se espalha, este Pokémon também irá, por um capricho, lançar feitiços que ajudem as pessoas. Suas maldições podem causar terríveis dores de cabeça ou visões aterrorizantes que atormentam os outros.


Froslass vs Mismagius

- Pois bem companheira, reduza a velocidade dela com o Icy Wind e em seguida faça uso do Ominous Wind. - Ordenei, esperando que aquele turno inicial fosse suficiente para destronar aquela agressora do seu cargo máximo. Froslass encarava-me algumas vezes, parecia estar desconfiada com a situação, seus olhares logo eram direcionados à rival que movimentava-se de um lado para outro com sua feição sarcástica.

A diferença de velocidade de ambas as pokémons era quase inexistente, mas aquele quase influenciava em muita coisa. Ambas pareciam pássaros a desbravar os céus com certa emoção, mas limitavam-se até as copas das árvores que estavam espalhadas pelo centro do combate. Froslass movimentava-se com certa habilidade pelo lugar nevado e aproveitando que a neve caia torrencialmente, usava da sua habilidade Snow Cloak para sumir e aparecer logo atrás da sua rival. Um Icy Wind bem planejado resfriava o corpo da mística e reduzia sua velocidade.

Mismagius por sua vez utilizava das jóias que compunham seus véus para disparar ondas psíquicas pelos arredores, como o movimento crescia em círculos ondulatórios, conseguia restringir a sua oponente que logo se estremecia com fortes dores. Tendo uma pequena chance de usar seu movimento mais estimado, a pokémon de gelo movimentava seus braços rapidamente e criava uma forte ventania negra que impossibilitava a rival de continuar seu movimento. A pokémon carrasca tentava se defender com o Mystical Fire, tentando incinerar todo o vento ominoso que era disparado em si, mas acabava incendiando-se na mesma proporção que o golpe engolia-a.

- Muito bem, mas dessa vez faça uso do Double Team e finalize com o Ice Shard. - Proferia, esperando que aquele segundo round fosse tão bom quanto o primeiro. Aquela reviravolta contra a vilã era realmente excepcional para mim, pois a mesma necessitava de uma punição à altura.

Aproveitando da cortina de neve que era formada e da sua habilidade, aquela estratégia era essencial já que a oponente possuía alguns movimentos bem eficazes e potentes contra a tipagem da Froslass, mas não cairíamos tão fácil, não havíamos sido programadas para cair desde as últimas dificuldades enfrentadas. A fantasma logo dividia-se em múltiplos clones que rodeavam o ambiente, todas lançavam um estridente agudo que amedrontariam qualquer um que passassem por ali, até a própria Mismagius sentava para aprender toda aquela complexidade, mas não suportava outra estrela para roubar seu palco e atacava com o Power Gem, esse explodia contra alguns clones, mas errava a original.

Por fim, os clones que sobravam juntamente da original focavam na sua sagaz oponente, ambas estavam prontas para atacar naquele mesmo instante, cacos de gelo contra folhas afiadas e recobertas por uma capa mágica. Mas o quesito velocidade era posto em ação mais uma vez, antes de acertar a Froslass com seus golpes, inúmeros cacos atingiam a oponente com tudo e jogavam-na para baixo. O Magical Leaf ainda retirava uma pequena parcela da rival, só que com sua usuária enfraquecida, o movimento não havia sido bem executado.

- Finalize-a com Ominous Wind. - Proferia, fazendo um gesto de mãos não típico e quase era imaginada como uma líder de torcida boba pela minha companheira que liberava alguns risinhos, no mesmo momento que acertava-me com uma bola de neve.

Com um movimento rápido de mãos, a pokémon congelante disparava novamente uma ventania negra que cobria todo o local, Mismagius olhava de um lado para o outro numa tentativa de achar sua oponente, a mesma já havia descoberto uma das técnicas daquele golpe e confiava o restante da sua energia em desviar do movimento, mas para seu azar nós havíamos criado inúmeras possibilidades de uso e ela sequer imaginava o que estava aprontando. Um momento de ventanias, outro de rajadas dilacerantes. Na ausência dessa base, Mismagius movia-se atoa e de fora da fumaça negra, Froslass lançava seu xeque-mate. Ao término do golpe, a pokémon era vista já no solo e derrotada.

Final da Batalha

Após aquela vitória, Froslass ficava um pouco ferida, mas havia mostrado todo o seu poder naquele ambiente e dava-me uma brecha para socorrer a criatura indefesa. Phantump esforçava-se para ver a batalha pelas frestas, mas devido ao frio, começava a perder a consciência e desmaiar. Percebendo a situação, cavava um caminho até o interior da toca e retirava-o de lá, correndo na direção do centro pokémon e rezando para que a criatura sobrevivesse.

Ao avistar a enfermeira Joy do lado de fora e guiando alguns viajantes a passarem o resto da madrugada por ali, vendo do que se tratava, a mulher levava o pokémon para a sala de tratamento e caso o mesmo sobrevivesse, eu poderia socializar consigo. Algumas horas se passavam e o tempo de espera naquela sala parecia estender-se a cada minuto, contudo havia ocupado meu tempo em ajudar os outros desamparados. Por fim, uma Audino trazia o selvagem numa maca e o mesmo vinha na minha direção para um abraço caloroso.

- Pelo visto fazemos uma ótima parceria, por isso... - Aclamava, retirando uma pokébola de dentro da mochila e lançando-a sobre sua corpórea. Os feixes avermelhados que escapavam do item, sugavam o pokémon para o interior e após alguns segundos, confirmava a captura.

Off escreveu:

  • Atualizar a ficha do Deino e colocar 9/10 eventos.
  • Captura amigável do Phantump.





Merlin
Masculino
Mensagens : 87

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Sammy em Ter Ago 06, 2019 10:39 am

Atualização
Merlin
Uma boa história novamente, mas já está virando um "mais do mesmo". Sua narrativa repetitiva e com características retroativas estão tornando a trama de Merlin bastante monótona. A mudança de cenário se torna necessário nesses casos, ainda mais para uma personagem que quer ter atitudes complexas quando não é preciso e isso só piora quando ela as repete muita vezes, tornando a aventura em algo muito óbvio e como disse antes, repetitiva. Merlin é elegante, mas não é clichê, você está utilizando o clássico enredo da "madame má" e isso está acabando com sua rota ou aventura em si. É como se estivesse forçando algo que não vai acontecer. Você está literalmente levando a rota da mesma forma e isso já faz três posts seguidos. Sugiro que inove de alguma forma no enredo, tente passar mais emoções para quem lê, tente ser menos melindrosa e mais épica, mostre-nos algo novo de Merlin, faça algo que nos chame atenção.

PRÊMIO
II - Absolute Zero 708
Phantump
Phantump foi capturado ao Lv15.

Sammy
Masculino
Mensagens : 830

Avaliador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Merlin em Sab Ago 17, 2019 9:29 pm


Absolute Zero
Rota 18/ Frio -15ºC / 19:40
Já havia um tempo que havíamos abandonado o conforto do Centro Pokémon para nos arriscar em descobrir a saída daquele lugar, não deveríamos perder nenhum segundo naquele ambiente, caso não conseguíssemos sair daquela rota até o início da noite, era quase certo que estaríamos mortas no outro dia devido à nevasca torrencial que iria arrebatar a rota nas próximas horas segundo a previsão meteorológica do jornal de Snowden. Com todos meus pokémons curados, abriam-se altas possibilidades para contra-atacar qualquer obstáculo e em segundo plano, desenvolver uma relação com o Phantump.

Nossa caminhada sem nenhum destino aparente nos levava até uma colina, o local era ladeado por coníferas congeladas e pedregulhos gigantescos. Com a visão fraca que possuíamos com o cair dos flocos de neve, podia encontrar um semblante humano logo adiante. - Senhor, pode nos ajudar com a direção para a saída? - Perguntava sem expressar tanta emoção, o mesmo apenas apontava para algumas montanhas e seguia em frente. Estranho? Talvez.

Desconfiava da informação que havia sido dada, porém com a ausência de descrições necessárias para achar a rota 19, apenas seguia confiante na opinião do misterioso explorador. Angelina preferia não opinar naquela decisão e seguia-me rumo ao caminho que haviam nos guiado, felizmente havia uma pequena camada de neve que cobria todo solo, não teria como esta ser perigosa. Mas eu estava errada. Um baralho apavorante logo nos condenava e o contra-ataque era desencadeado sobre o corpulento grupo que andava por ali.

O que era aquilo? O chão havia abrido-se de repente e engolido toda a nossa esquadra. Que armadilha sórdida era essa? Logicamente havíamos sido enganadas, por qual motivo um humano nos guiaria para as montanhas? Tinha sido tola o suficiente para enganar-se com a maldita ilusão da Mismagius e esta apenas esperaria que morrêssemos congeladas naquela cova para nos possuir por completo... Track. O choque das minhas costelas com o chão gelado fazia-me expulsar todo o ar dos meus pulmões e à medida que tentava recuperar o oxigênio perdido, não tinha sucesso e apagava em seguida.

[...]

Inconsciente eu não podia fazer nada e não havia minha equipe para me ajudar naquele momento, pois todos encontravam-se na mesma situação que eu. Só que um anjo de pelagem fofa e quentinha havia aproximado-se o bastante para baforar um vento quente em meu rosto, fazendo-me acordar e tossir em seguida. Abria os olhos com certa dificuldade e podia ver um pequeno Swinub sozinho, sua feição doce me deixava mais calma e à medida que recobrava minha consciência por completo, podia enxergar algumas carcaças de mamute espalhadas pela caverna e um grupo de paquidermes próximo à uma parede de gelo.

Sem dúvidas, era o bando de filhotes no qual o pequeno herói fazia parte e estes eram coordenados por uma criatura maior, a evolução desses, um Piloswine que já estava detestando minha presença por ali. O esterco espalhado em alguns cantos da caverna revelava que aquela manada estava presa ali há dias e caso passassem mais uma noite sem o alimento necessário, teriam o mesmo destino que seus antecedentes e da mesma forma, eu e meu grupo compartilharíamos tal destino caso não encontrássemos alguma maneira para escapar dali. Voltava meus olhares aos conhecidos, todos já estavam se levantando e necessitavam de explicações.

- Foi uma Mismagius... Eu derrotei-a na noite passada, fazendo com que um rancor se instalasse e a vingança veio mais rápido do que o esperado... Agora precisamos reunir forças para sair daqui, há uma parede de gelo logo após o grupo do Piloswine, mas será difícil convence-lo de nossa bondade. - Proferia, só que não aprovava mais a chance de sair daquele lugar sem antes derrotar o líder do bando. Retirava a esfera da raposinha de fogo da mochila e estaria pronto para colocar fogo em tudo, não seria fácil escapar dali, mas o ideal não era se manter submisso à um porco pré-histórico.

Antes que fosse esmagado num ataque aleatório ou golpeado com as presas de marfim do mamífero, retirava minha Pokédex de dentro da mochila e apontava na direção do mesmo, logo em seguida no filhote que mantinha-se próximo a mim e tentando chamar minha atenção. Com os dados obtidos em alguns segundos, conseguiria montar uma estratégia eficiente que nos resultasse na vitória.

Swinub #220
II - Absolute Zero 1028539287 II - Absolute Zero 2761673115
Pokémon Porco

Swinub enraiza a comida esfregando o focinho no chão. Sua comida favorita é um cogumelo que cresce sob a cobertura de grama morta. Este Pokémon ocasionalmente arranca fontes termais.


Piloswine #221
II - Absolute Zero 1028539287 II - Absolute Zero 2761673115
Pokémon Suíno

Piloswine é coberto por uma espessa camada de cabelo comprido que permite suportar o frio congelante. Este Pokémon usa suas presas para desenterrar alimentos que foram enterrados sob o gelo.


Fennekin vs Piloswine

- Não esperaremos esse brutamontes decidir contribuir, precisamos sair daqui nem que seja à força. - Avisava, enquanto guardava o item utilizado momentos atrás e com os dados obtidos com esse, formulava um plano eficaz contra tal criatura. - Aumente a temperatura com o Flame Charge, entretanto insira o Psybeam nessa técnica para que consiga faze-la levitar tal qual o Aqua Jet. - Ordenei.

Por ser visivelmente mais leve que o suíno peludo, a raposa cravava suas garras no solo e incinerava-se, formando uma massiva e crescente esfera de fogo que envolvia totalmente sua corpórea e fazia-a flutuar no mar de chamas contidas, entretanto a usuária mantinha-se imóvel como fora pedida por mim, o que causava uma estranheza ao oponente. Piloswine por sua vez, não perdia tempo e envolto em fúria, executava com sucesso o Fury Attack e conseguia acertar três vezes a esfera de fogo, mas para seu azar acabava se machucando com as brasas que voavam em seu rosto e marfins.

Com o animal peludo parado em sua frente e com uma reação de surpresa, a raposa movia-se sem ao menos esperar que seu adversário se recompusesse. Seus olhos adquiriam uma aura rosada e logo a camada de fogo era moldada do jeito que a usuária gostasse, fazendo com que a mesma levitasse e estivesse na altitude desejada. Após poucos segundos, o golpe mágico era conduzido na direção do pseudo-mamute e adquiria uma velocidade surpreendente na descida, como um cometa em colisão, acertava seu oponente e logo a fusão de golpes explodia num fogo rosado e selvagem que sumia calmamente. Piloswine apenas lançava uma camada de fuligem para cima com o Mud Sport numa tentativa de apagar o fogo mais rapidamente e apesar dos graves ferimentos, enfurecia-se pela audácia da oponente.

- Nada mal, se prepare para usar o Howl e mantenha seu alvo numa distância considerável com o Ember. - Disse, focando em aumentar o ataque da mesma e logo em seguida, manter o alvo recuado para que não causasse nenhum problema.

O canídeo flamejante se preparava para lançar um poderoso uivo que aumentava suas forças físicas logo em seguida, sendo um golpe essencial para o desfecho que estava por vir. Entretanto, dessa vez o pokémon de gelo não seria tal neutro como no round anterior e enfiando suas presas de marfim no solo, lançava uma boa quantidade de areia e devido ao degelo provocado pelo movimento em chamas anteriormente, formava uma boa quantidade de lama suficiente para abaixar a precisão da usuária.

Naquele turno mediano, com ambas criaturas decididas a acabar uma com a outra era finalizado com uma colisão entre golpes de ambos os lados. Mostrando sua natureza congelante, o javali peludo disparava uma ventania congelante na direção de sua oponente que revidava no mesmo momento com uma boa quantidade de brasas. O contato dos golpes gerava uma cortina de fumaça semelhante ao Mist, mas ainda dava para observar que algumas das faíscas haviam acertado o oponente em cheio.

- Agora vamos voltar a estaca inicial, manipule mais uma vez as chamas! Flame Charge e Psybeam. - Aclamava, cruzando meus braços em seguida e deixando um sorriso um pouco arrogante surgir no meu rosto, nada mudaria o destino do paquiderme naquela batalha e minhas combinações haviam funcionado como planejado.

Numa satisfação mágica, aquele round demonstrava a felicidade e a ansiedade semelhante dos treinadores em grandes ligas, a combinação fatal da raposa era moldada de uma forma diferente tal qual a habilidade específica de moldar o Ominous Wind da Froslass. Com uma força psíquica potente, a oponente começava a levitar e duas asas eram formuladas dessa vez, uma semelhança com as grandes fênix da mitologia e até aos dois lendários que dividiam tais características. Mas dessa vez, ela estaria acompanhada de uma combinação incomum, Fury Attack com o Powder Snow do adversário onde as presas congeladas seriam bastante destrutivas em oponentes que não tivessem a resistência elemental ao seu favor.

A figura mitológica moldada pela inicial de Kalos logo assumia a forma desejada, as asas logo viravam braços e os traços lembravam finalmente ao poder daquela espécie. Uma Delphox ilusória e sem grandes retoques direcionava-se sobre o oponente, a colisão entre o ataque furioso de gelo e o Flame Charge adornado por magia finalmente ocorria, mas Fennekin conseguia dar a melhor e logo arremessava seu rival para longe. A poeira clichê logo revelava o quadrúpede gorducho desmaiado.

Final de Batalha

Com a vitória na batalha, percebia que a luz já havia se cessado e apenas a escuridão consumia as frestas presentes daquele local, já era noite e podíamos perceber que a parede de gelo nos levaria para outras galerias daquela montanha e dificilmente fosse revelar alguma saída. Entretanto, o problema agora era outro, já que com a derrota do líder o grupo de Swinub's revelava-se bastante medroso e inexperiente, exceto um.

A pequena criatura que havia sido ousada o suficiente para apresentar-se a mim no início só havia ficado mais confiante em sua escolha logo após aquele combate, diferente dos outros este não tinha medo das duas humanas e a raposa que havia derrotado seu comandante minutos atrás. O mesmo acabava aliando-se ao meu grupo e com uma feição cordial nos guiava até um dos compartimentos mais escuros do local.

Por uma ironia do destino, a saída estava no ponto mais óbvio e contraditório possível, aquelas criaturas haviam congelado a passagem de gelo para que não se perdessem por ali e a terrível e tola Mismagius se frustraria mais uma vez, prometendo fazer uma aparição futuramente ao descobrir seu fiasco. Antes de deparar-me com uma enorme ventania que bagunçava aquele deserto ártico, tinha minha capa puxada pela criaturinha que não havia nos deixado. Havia ainda errado o tempo em que ficava desacordada e presa, a noite já havia se esvaído há muito tempo e o frio da madrugada confirmava essa nova teoria.

- Entendi. - Proferi, aquela insistência havia feito com que o mesmo ganhasse a atenção que merecia e com um movimento calmo, estendia a pokébola até sua nuca e com um pequeno toque no botão, sugava-o para o interior e deixava a esfera cair no solo, girando de um lado para o outro até que ficasse imóvel e liberasse pequenas estrelinhas que estouravam ao término do feito. Com uma nova captura em mãos e a chegada em plena alvorada na rota 19 deixavam-me mais ansiosa para continuar com meus experimentos pela manhã.

Off escreveu:

  • Atualizar a ficha do Deino e colocar 10/10 eventos.
  • Captura do Swinub, Dados.
  • A batalha com o Piloswine foi para auxiliar no contexto, caso consista em níveis, agradeço.
  • Solicitando os despojos e o fechamento da rota.





Merlin
Masculino
Mensagens : 87

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Sammy em Dom Ago 18, 2019 4:57 pm

Atualização
Merlin
Fico feliz em saber que você não levou minha crítica para o lado pessoal, soube diferencia-la de uma crítica negativa e leva-la como construtiva. Esta nova trama se mostrou bem mais fluída e leve, foi fácil de ler e de entender. Você não forçou a elegância, trazendo um cenário bem mais agradável. Eu realmente gostei deste novo texto, faço questão de dizer isso. Você é realmente um ótimo escritor e possuí uma ótima personagem, meus parabéns e que continue assim. A batalha foi muito bem narrada, teve momentos épicos e cheios de ação. Soube colocar cada movimento com estratégia, narrou cada detalhe com perfeição trazendo muito conforto para o leito. Enquanto a trama central foi bem original, eu esperava algo envolvendo o clima frio e nada mais, porém, você quebrou todas as minhas expectativas trazendo algo novo.

PRÊMIO
II - Absolute Zero 220
Swinub
Swinub foi capturado ao Lv18.
Está na Box.
Sorteio — Gênero
II - Absolute Zero 653
+2 Níveis
Subiu ao Lv19.
70% — Bem
II - Absolute Zero Potion
Potion
Recebeu 1xPotion como despojo.
Sorteio — Despojos
Sammy
Masculino
Mensagens : 830

Avaliador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

II - Absolute Zero Empty Re: II - Absolute Zero

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum