Últimos assuntos
» [Dados] Licht
Sex Fev 22, 2019 8:08 pm por Dados

» [Cap.14] — Pinky Soul
Sex Jan 25, 2019 10:58 pm por Sammy

» [Dados] Logan Smith
Qua Jan 23, 2019 10:50 pm por Logan Smith

» [Ch.II] A Perseguição
Qua Jan 23, 2019 7:27 pm por Aegir

» [Box] Logan Smith
Qua Jan 23, 2019 6:21 pm por Logan Smith

» [M&T] Logan Smith
Qua Jan 23, 2019 6:01 pm por Logan Smith

» Utilidade — Reset
Qua Jan 23, 2019 2:15 pm por Z

» Dados — Victoria Montblanc
Qua Jan 23, 2019 11:58 am por Z

» Ficha Logan Smith
Qua Jan 23, 2019 11:05 am por Dados


[Ch.I] O Começo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ch.I] O Começo

Mensagem por Licht em Dom Dez 30, 2018 7:03 pm

O COMEÇO
Capítulo 1 - Baylute Sea - Licht



Era mais um dia calmo em Drache Town, como sempre foi... bem, seria, se não fosse devido a um único indivíduo. O jovem rapaz, ofegante, corria pelas ruas, com as suas fardas a dançarem com o vento e a sua mochila a sacudir nas sua costas com cada passo largo que dava. Licht havia dormido de mais e estava atrasado para o embarque que marcaria o início da sua longa viagem pela região: o barco que atravessaria o mar até Chroma City. Ele definitivamente não estava em forma para correr, mas não havia alternativa. Afinal, não possuía uma bicicleta ou patins, e nem conhecimento andar com qualquer um desses meios de transporte.
- Nein! Como conseguirei ser líder se nem acordar cedo consigo?! -, exclamava ele na sua cabeça, poucos lotes antes de chegar ao porto.

A aldeia em si era bastante pacata, com apenas alguns idosos falando nas ruas ou em pequenos botequins, mas o porto estava quase sempre cheio de gente com o objetivo de visitar a famosa cidade que se encontra do outro lado do mar gelado. Felizmente, o rapaz conseguiu chegar, por pouco, a tempo de apresentar o bilhete que havia reservado e de entrar no navio. Imediatamente sentou-se num lugar perto de uma janela para propriamente pegar o fôlego. Após olhar para a vista do mar e da ilha que mal se via no horizonte, ele não conseguiu conter a sua emoção, demonstrando-a com uma leve gargalhada.

- Pois bem, o meu legado começa aqui!
Licht
Masculino
Mensagens : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ch.I] O Começo

Mensagem por Licht em Seg Dez 31, 2018 12:01 pm





O barco finalmente começou a velejar, e Licht pensou inicialmente em relaxar e descansar apenas durante a viagem de barco, mas isso acabou sendo uma ideia muito aborrecida para um jovem como ele. Ele decidiu então soltar o seu Gligar com o fim de fortalecer o seu relacionamento com o seu pokémon. Com um som icónico e um leve brilho, o pokémon com aspeto semelhante a um escorpião materializou-se no colo do rapaz e começou observando os seus arredores, como uma criança curiosa. De fato ele passou pouco tempo fora da sua poké ball, por isso é de esperar tal comportamento vindo de uma criatura que nunca esteve num barco. Sorrindo para o seu pokémon, ele pousou a mão na cabeça do bicho e o acariciou.

- Hallo, acho que ainda não nos conhecemos bem. Chamo-me Li-AAU!! - o seu discurso foi interrompido com uma valente mordida que o Gligar deu na sua mão. Parece que aquele pokémon não gostava muito de aproximações carinhosas. Já era de esperar que não seria fácil de ganhar a confiança de um pokémon que pertence a uma equipa criminosa. Após esta reação, o pokémon pulou do colo do rapaz e desatou a correr pelos corredores do barco, muito provavelmente para o explorar.
- H-hey! Volte aqui! -, exclamou ele enquanto se levantava, aos tropeções, atrás do pokémon.

As pessoas não pareciam muito contentes com a algazarra que aquela dupla estava fazendo, não mesmo, e no momento em que Licht parecia estar quase conseguindo apanhar o bicho, ele vira uma esquina e consegue se despistar do rapaz. Ofegante e um quanto irritado, parou de correr e passou a procurar pelo seu companheiro mais cuidadosamente. Não que ele precisasse de procurar por muito mais tempo. Enquanto eles se encontravam perdidos um do outro, Gligar continuou a explorar os corredores do barco. Nunca tinha ele estado num ambiente tão repleto de humanos antes, e não hesitou em pregar algumas brincadeiras.

A pequena criatura decidiu esperar agarrada a uma parede junto da porta que dá acesso a um dos quartos VIP. No momento que um senhor, vestido com fato azul extravagante, bengala e chapéu, saiu pela porta, o escorpião pulou por cima dele e pegou o seu chapéu com uma mordida antes de planar para longe. Enquanto virava mais uma esquina no entanto, encontrou-se novamente com o seu treinador, que não hesitou em pular para cima dele para o apanhar. - Finalmente apanhei-te.

- Então esse monstrinho é seu, em?! -, exclamou o senhor, demonstrando a sua raiva e cabeça careca.
- É sim, desculpe, não sei o que deu nele. -, disse Licht, sentindo-se genuinamente mal e preocupado com o acontecido... isto até se recompor e ver melhor o chapéu que o seu pokémon levava na boca. Parecia ser feito de um tecido bem caro, adornado com diversas pedras preciosas. - Este chapéu é seu? É bem... bonito. - na verdade ele não o achava assim tão belo, mas que tinha cara de ser valioso tinha.
- Sim, sim, e a sua fantasia de carnaval também. Agora me devolva isso antes que eu chame o segurança! -, declarou o homem, estendendo a sua mão ao jovem. Este, no entanto, não gostou da maneira como ele se referiu às suas preciosas fardas, mas tentou permanecer com um ar calmo, pois acha que enervar-se não é digno de um líder.
- Não, estou aborrecido. Derrote-me num combate e eu devolvê-lo-ei. - o Gligar pareceu entusiasmar-se com as palavras do jovem e o senhor, ainda zangado com o acontecido, retira a sua única poké ball e atira-a, exclamando.
- Aceito seu desafio, pirralho. Vá, Litleo! -, e o pequeno filhote de leão sai da esfera bicolor, pulando um pouco de alegria, como se estivesse esticando as patas e preparar-se para a batalha. Com um inocente e fofo sorriso, era difícil de assumir que se tratava de um forte lutador.

Licht não duvidava que ele aceitaria o desafio. Afinal, numa barca onde existem salas próprias para batalhar, era de esperar que houvesse muitos treinadores a bordo.
- Gligar, sabes o que fazer, certo? -, indagou o rapaz, recebendo confirmação por parte do seu pokémon enquanto ele se colocava em posição de batalha.
- Litleo, comece usando Leer!
Com o breve comando do homem, o leãozinho começou a olhar fixamente para Gligar. Para uma pessoa normal, não deixava de parecer fofo, mas para o escorpião, aqueles olhos brilhantes olhando para ele o deixavam um pouco perturbado.
- Hmm, um movimento inteligente. Gligar, use... uhh... -, hesitou Licht, ao esquecer-se dos ataques que o seu pokémon podia usar. Ele nunca tinha batalhado antes, pelo menos desde a sua prova de iniciação na team Eclipse. O pequeno escorpião olhou para o seu treinador com um ar desapontado e começou a agir por si só. A sua cauda tinha um leve brilho roxo enquanto ele avançava em direção ao seu oponente e o chicoteava com ela. O pequeno leão, ao receber com o embate, tossia com o aparente veneno que envolvia a cauda, mas não foi afetado por ele.
- Ah!, claro, Poison Tail! Bom trabalho Gligar. -, elogiou o jovem, impressionado com a autonomia do seu pokémon.

- Não posso perder para um fedelho que nem conhece bem os ataques do seu pokémon. Litleo, ataque com Flame Charge!
O pokémon de fogo sacudiu a sua cabeça levemente, se recuperando do impacto, e passou a se focar no seu adversário, arrastando a sua pata na carpete do navio e avançando a alta velocidade com chamas a cobrirem o corpo. Gligar acaba sendo atingido pelo ataque, quase caindo para trás com a força da investida.
- Aguenta firme e usa outro Poison Tail!
Avançando mais uma vez, o escorpião prepara-se para alvejar mais um golpe com a sua cauda, mas na altura de acertar, o Litleo conseguiu se desviar para o lado. Ele parecia significativamente mais rápido e excitado depois daquele ataque de chamas, como se tivesse com o fogo no pé.
- Verdammt! Recue! -, ordenou o rapaz, fazendo com que o seu pokémon plane de volta para a sua posição inicial e se prepare para o próximo ataque.

- Litleo, Flame Charge novamente!
Licht teve de pensar numa estratégia para conseguir derrotar um oponente com aquela velocidade, e então formulou um plano ao ouvir as ordens do homem.
- Gligar, prepare-se para desviar.
O escorpião voador olhava intensamente para o Litleo enquanto ele se preparava para atacar mais uma vez, só que agora mais rápido. Enquanto ele se aproximava, o jovem deu o sinal.
- Agora, pule! -, exclamou ele, e o Gligar por pouco conseguiu tirar o seu corpo e a sua cauda fora da investida. Ele estava agora planando sobre o pokémon coberto em chamas.
- Muito bem, ataque agora com Poison Sting!
Litleo havia acabado a sua investida, mas ficou confuso por não ter atingido o seu alvo. Ele começou desesperadamente a observar os seus arredores, mas quando finalmente encontrou o seu adversário, já era tarde demais para esquivar-se. O escorpião voou diretamente para cima do leão, agarrando-o bem com as sua pinças antes de o atingir com o seu ferrão venenoso, apenas largando-o depois de ter a certeza que o pequeno mamífero encontrava-se envenenado.

- Heheh, xeque. -, comentou Licht com uma leve risada.
- O quê?! Garoto arrogante... -, disse, surpreso e irritado com o comportamento do jovem performer. - Litleo, use Ember!
Pequenas fagulhas quentes se acumulam na boca aberta do pequeno leão, que depois foram lançadas em direção ao Gligar, que acabou sendo atingido. O pokémon de fogo, no entanto, tossia e parecia ter dificuldades em permanecer de pé com o veneno a atuar.
- Tens a certeza que queres continuar com a batalha? Queres mesmo que o teu pokémon sofra mais? -, interrogou o rapaz, com uma voz calma e um sorriso um tanto sinistro. O seu oponente hesitou por um pouco, enquanto olhava para o estado dos pokémon, mas acabou por anunciar a sua derrota.

- ...Não, você ganhou fedelho. -, respondeu, indignado por perder a batalha e, por consequência, o seu belo chapéu adornado... ou achava isso ele, mas foi logo surpreso pelo rapaz quando lhe devolveu-o.
- Após ver melhor, essas pedras parecem falsas. Pode ficar com ele.
O homem não o demonstrava, mas parecia incrédulo com a revelação. Seriam elas mesmo falsas, ou foi aquilo apenas uma brincadeira de criança? Os seus pensamentos foram interrompidos quando uma rapariga vestida de empregada aproximou-se dele com um saco de bolos.
- Senhor, algum problema? -, questionou ela. A sua voz tinha um timbre que soava muito bem nos ouvidos, e que condizia muito bem com a sua aparência calma, os seus cabelos azuis e olhos vermelhos.
- N-não, me acompanhe para a enfermaria. -, virou-se o senhor depois de chamar o seu pokémon de volta, ignorando o rapaz como se tivesse vergonha. A criada, no entanto, olhou Licht nos olhos com o seu olhar sereno antes de acompanhar o homem.

- Uau...
A imagem daquela jovem ficara-lhe na mente o resto da viagem. Não que ele achasse ela sensual ou algo do tipo, mas ela tinha uma aura especial que ele não conseguia descrever. Provavelmente não se tratava de nada para além de um momento de inspiração que ele fazia questão de pôr em papel. O seu Gligar teve, no entanto, de o tirar daquele momento de transe com um beliscão na perna. - Ei! Isso doeu! -, gritou o rapaz, mas o seu pokémon apenas deixava sua língua de fora e ria-se. As sua bochechas tornaram-se rosadas de vergonha, e ele voltou de volta para o seu assento juntamente com o seu monstrinho.
Licht
Masculino
Mensagens : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ch.I] O Começo

Mensagem por Sammy em Ter Jan 01, 2019 4:20 pm

Avaliação
Hey! Tudo bem? Vou te avaliar... Mas antes, me chamo Sammy e acho que você já sabe disso. A gente se encontrou no Chatbox algumas vezes e trocamos uma ou duas palavras. Enfim, vamos lá? ♥️


Vamos lá, sua narração é cômica me faz sentir que estou em um Cartoon ou em um filme de comédia. Você consegue transmitir alegria através de suas palavras ao mesmo tempo que narra seus acontecimentos com precisão.

A característica que você deu para o seu Gligar combina com o Pokémon, ele é fofo e ao mesmo tempo traz poucas palavras. Os sentimentos que ele tem são incertos, mas suas atitudes vão desvendando seu caráter animalesco.


⭕ Coerência
⭕ Criatividade
⭕ Escrita
⭕ Construção
⭕ Organização



Gligar
Gligar adquiriu 2 Níveis indo do Nível 5 ao Nível 7. O pequenino aprendeu Harden, duro como pedra!

Gligar's Status: Esta com vontade de morder tijolos e cimento, querendo coçar suas presas. O Morceguinho só quer ser livre, mas é forçado a seguir um bobalhão... É o que ele pensa, não eu.

[hideedit]
Sammy
Feminino
Mensagens : 574

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ch.I] O Começo

Mensagem por Licht em Ter Jan 08, 2019 6:34 pm





O barco já havia atravessado mais de metade do mar que separa as duas ilhas Aurillianas, e enquanto isso Licht encontra-se a desenhar... ou pelo menos a tentar. O jovem franzia as sobrancelhas e dava leves grunhidos de frustração enquanto do seu lado estava uma pequena pilha de papel amassado. Não importava quantas vezes tentava, parecia nunca conseguir reproduzir a bela empregada que havia visto antes da maneira que queria, e a inquietação do seu Gligar também não estava ajudando a situação.
- AAH!, larga-me! Não consigo desenhar assim!, gritou o jovem ao seu pokémon, que o mordia e lhe puxava as calças. O monstrinho estava mesmo aborrecido com a situação e só queria fazer alguma coisa, e vendo o rapaz tão inerte fazia-o desejar ter um treinador diferente. Eventualmente, Licht desiste de desenhar e busca uma coisa melhor para fazer, já que desenvolver a sua arte naquele ambiente não parecia ser muito produtivo. - Muito bem então, façamos algo melhor. -, dizia ele ao seu Gligar, enquanto arrumava as suas coisas antes de levantar-se em direção a uma das salas de batalha, sendo logo seguido pelo bicho inquieto.

Felizmente para ambos, a sala estava vazia, o que significava que podiam fazer o que quisessem. Bem, quase tudo, afinal, não tinham ninguém contra quem batalhar, mas esse não era o plano de Licht de qualquer maneira. Ele gostaria de aproveitar aquele espaço para de alguma maneira treinar para um futuro concurso pokémon. Ele era, ou gostaria de ser, um performer afinal das contas. Gligar, para o seu infortuno, perdeu o seu inicial entusiasmo. - Vá, será divertido, acredita. -, tentou o rapaz reanimar o seu pokémon, mas não foi muito efetivo. O desencanto do seu escorpião seria um obstáculo que ele infelizmente teria de ignorar caso queira proceder com o seu treinamento, e assim o fez, comandando o seu pokémon.

- Eu continuo sendo o teu treinador, desculpa. Quero que comeces a usar Poison Tail no ar várias vezes sem pousar no chão. - E assim o pokémon morcego o fez. Enquanto planava no ar, Gligar fazia golpes com a cauda e rodopiava, mas a sua falta de equilíbrio enquanto o fazia não era o melhor. - Hmm, bom, mas não o suficiente. Tenta mais algumas vezes. - Os grunhidos do escorpião voador enchiam a sala enquanto ele tentava executar as indicações por um bom tempo. Várias vezes ele acabava caindo no chão ou batendo contra a parede, mas eventualmente começou a melhorar o seu equilíbrio, assemelhando uma criança traquinas enquanto dançava e sacudia a sua cauda no ar.

- Muito bem! Eu sabia que terias jeito para o palco, Gligar. -, exclamou o jovem, afagando a cabeça do seu pokémon. Este, por sua vez, respondeu mostrando a língua e olhando para o lado com um ar sério. Embora tenha tido um bom desempenho, ele continuava preferindo batalhas. Enquanto isso no entanto, uma rapariga vestida como uma típica treinadora interrompeu o momento, interrogando. - Desculpe, 'tava procurando um lugar para treinar. Essa é a sala de batalha? - Olhando para ela, Licht sorriu e respondeu. - É aqui com certeza. Estávamos em busca de um oponente, gostarias de te oferecer? - A jovem acenou com a cabeça com um ar de animação. - Claro que sim! Venha cá, Bulba! -, anunciou ela, lançando a sua poké ball ao ar, da qual materializou um Bulbasaur que grunhiu com determinação.

Gligar rapidamente voltou a ficar animado após descobrir que iria batalhar. Licht reparou no ânimo do seu pokémon e pensou para si mesmo que, mesmo querendo seguir o caminho de um performer, terá de continuar a batalhar para ganhar a confiança do seu monstrinho. Ele apenas sorriu e pôs-se em posição juntamente o escorpião, tal como a rapariga, e assim deu-se início à batalha.
- Gligar, começa com Poison Sting! - O pokémon morcego aproxima-se do seu oponente planando pelo ar antes de descer com o seu ferrão apontado à pequena rã. No entanto, os rápidos reflexos da treinadora não falhavam. - Bulba, contra-ataque com Vine Whip! Rápido! - Surpreendido, Gligar é atingido no ar por uma dar vinhas do seu adversário que o chicoteou para o chão.
- Linda! Use Vine Whip de novo! -, ordenou a jovem e o seu pokémon agarrou no escorpião firmemente com as suas vinhas, antes de o lançar fortemente em direção à parede. - Nein... Gligar, abre as tuas asas! - Com o grito do jovem, o morcego esticou os braços e as suas membranas azuis criaram atrito o suficiente para aparar o impacto.

- Continue na ofensiva, Bulba. Use Tackle! - O pokémon de erva olha fixamente e seriamente para o seu adversário enquanto grita e avança rapidamente em sua direção. - Defende-te com Harden! -, ordenou logo o jovem, rápido o suficiente para que o escorpião endureça a sua carapaça antes de ser atingido com o ataque da rã. Gligar não hesitou em mostrar a sua língua e uma expressão de deboche em resposta enquanto o seu corpo endurecido agora brilha levemente. - Bem! Agora ataque com Poison Tail. - Sem dar muito tempo de reação ao pokémon de erva, o escorpião voador dá um sorriso traquina, prepara a sua cauda com veneno e atinge a sua oponente na face com ela fortemente, fazendo ela recuar-se um pouco. Licht não esperava que uma moça como ela tivesse uma estratégia tão agressiva.

- Não vacile. Continue forte com Vine Whip! - O jovem performer pensou numa maneira de usar a ofensiva da rapariga para a sua vantagem. - Gligar, agarra a vinha! - O escorpião ficou confuso com aquela ordem mas tentou fazer o que podia. Estendendo os seus braços para cima, ele preparou-se para agarrar a vinha que estava prestes a chicoteá-lo. No momento de contato, o morcego teve de exercer bastante força para conseguir parar o ataque, mas a sua carapaça endurecida ajudou e eventualmente conseguiu agarrar na vinha da Bulbasaur com as suas pinças. Ela, que tentava muito tentava, não conseguia se escapar das garras do Gligar. - Gut! Agora usa Poison Sting nela. Não a deixes escapar! -, e assim o fez. Enquanto agarrava a vinha firmemente, o pokémon morcego injetou o seu ferrão venenoso nela. A Bulbasaur gemia e continuava a lutar para se ver livre, mas não conseguia enquanto o escorpião permanecia com o seu ferrão na vinha.
- Droga! Bulba, use Seed Bomb! - Ela podia estar com a sua vinha ocupada, mas ainda conseguia atacar e, apontando o bulbo nas suas costas em direção ao seu oponente, disparou várias sementes explosivas na sua direção. - Ok, Gligar, solta-a e usa Harden novamente. - Finalmente deixando o pokémon de erva livre, o escorpião voador endureceu o seu corpo mais uma vez e protegeu-se da explosão que o atingiu com as pinças. Ambos os pokémon se olhavam determinados, porém cansados.

- Estamos no fim. Ataca agora com Poison Tail!
- Não desista Bulba! Acabe com ele usando Tackle!
Os dois treinadores gritaram com emoção e ambos os pokémon avançaram decididos. A cabeça do Bulbasaur e a cauda venenosa do Gligar colidiram com um forte impacto e os bichos logo recuaram. Os dois foram fortemente alvejados, mas apenas o pokémon semente não conseguiu aguentar-se em pé e deitou-se no chão. Licht e o seu pokémon venceram o combate. - Bem trabalhado, Gligar. -, felicitou ele o seu pokémon, que grunhiu animado com a sua língua de fora.

- Ahh... eu queria ter ganho, mas foi uma boa luta moço.
O rapaz concordou, apertando a mão dela antes de se despedirem. Depois de ela chamar o seu pokémon de volta e de sair da sala, Licht foi surpreso pelo seu pokémon quando este o beliscou na perna novamente. - Ahh! Gligar! -, gemeu ele de dor enquando o seu bichinho ria-se. Não conseguia ficar de mal com o seu pokémon, afinal aquilo era só por bricadeira. Em vez disso, riu-se um pouco juntamente com ele. Parece que mesmo estando feliz, aquele pokémon continuava traquinas como sempre.
Licht
Masculino
Mensagens : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ch.I] O Começo

Mensagem por Sammy em Qua Jan 09, 2019 7:44 pm

Avaliação
Okie Doki! Você está pronto para ser avaliado? Será que está mesmo? Será que está realmente preparado para essa avaliação?............. ♥️


Hey! Sua narração novamente é excepcional e como eu disse anteriormente, você possui descrições muito boas. Eu gosto da História do Licht, mas esse pequeno capitulo foi bem pacato, nada que vai te cobrar muito.


⭕ Coerência
⭕ Criatividade
⭕ Escrita
⭕ Construção
⭕ Organização



Gligar
Gligar adquiriu 2 Níveis indo do Nível 7 ao Nível 9.

Gligar's Status:Sua energia já está quase acabando ou pelo menos parece estar quase acabando. O morcegão precisa de alguns descansos ou poderá entrar em estado de Sleep. Cuidado e boa sorte para o seu pequeno Gligar.

[hideedit]
Sammy
Feminino
Mensagens : 574

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ch.I] O Começo

Mensagem por Licht em Qui Jan 10, 2019 6:04 pm

Licht e o seu pokémon retiraram-se da sala de batalha do navio. Ambos sentiam-se bem com o treinamento que haviam feito, mas Gligar, embora feliz, não conseguia caminhar corretamente, inclinando a cabeça para baixo de cansaço. As duas batalhas que saiu vencedor mais o ensaio para o concurso completamente esgotaram as suas energias. O sue performer reparou no estado do seu pokémon e sorriu, chamando-o de volta para a sua poké ball.
- Lutaste muito hoje, pequenote. Mereces descançar.
Felizmente para eles, o barco estava prestes a chegar na ilha. Aliás, o tempo de ir buscar a mochila foi o suficiente para ele atracar no porto. E assim o jovem chegou à sua primeira paragem da sua jornada pela região, e a sua primeira coisa a fazer lá seria descansar num centro pokémon. No entanto, esse descanso seria breve, pois o seu trabalho como um membro da Team Eclipse estava prestes a começar.


Capítulo 1 - O Começo
END
Licht
Masculino
Mensagens : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ch.I] O Começo

Mensagem por Sammy em Sex Jan 11, 2019 7:45 pm

Rota Finalizada


Licht dá Adeus a sua primeira Aventura e assim parte para mais uma... Assim uma roda sem fim começa a girar e a girar, quando essa Jornada vai acabar?

Razz Berry
Licht encontrou uma Razz Berry no chão, ou melhor foi recompensado pela natureza.



[hideedit]
Sammy
Feminino
Mensagens : 574

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ch.I] O Começo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum