Últimos assuntos
» [Dados] Norman Rockwell
Hoje à(s) 1:32 am por Dados

» #2 Densidade Traiçoeira
Hoje à(s) 1:29 am por Norman Rockwell

» Hello again
Ontem à(s) 11:52 pm por Sammy

» Especulação — Oitava Geração
Ontem à(s) 10:46 pm por Aegir

» [Sugestão] Pontuação Contest Hall
Ontem à(s) 10:25 pm por Z

» #1 - Deixando o Mar
Ontem à(s) 5:22 pm por Norman Rockwell

» iii — CHILLING
Ontem à(s) 11:16 am por Z

» Dados — Victoria Montblanc
Ontem à(s) 10:08 am por Dados

» I — Spectre Gym [vs. Apollo]
Ter Jan 15, 2019 8:29 pm por Z


1.1 — Início melado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1.1 — Início melado

Mensagem por Minerva em Qui Dez 13, 2018 2:46 pm

Início melado

Honey Island era mais do que o lugar ideal para o início de Minerva, uma vila pacata e simples que abriga uma diversidade de espécies de Pokémon, mas ao que mesmo tempo não apresenta grandes perigos para a primeira aventura do Performer.

Havia feito algumas horas que Minerva se despedira de sua avó e seus pais no centro Pokémon de Hydrine — uma cidade completamente oposta à ilha em que se encontrava agora — e que recebera um ovo, que estava sendo muito bem esquentado nos braços do perfomista. Em algum momento aquele ovo racharia e nasceria mais uma raposa que faria companhia à Eevee que Minerva já tinha adotado à alguns anos, inclusive, Eevee estava sentada na cabeça do Performer, o olhar cheio de pureza mas que escondia o desejo de desbravar o mundo.

Caminhava lentamente pelas estradas humildes da vila, o aroma doce do mel penetrava suas narinas enquanto o zunido dos insetos e o farfalhar das folhas das árvores entravam suavemente em seus ouvidos e lhe dava uma sensação de paz interior.

Não sabia oque estava buscando ali, era tudo muito novo para o garoto, mas presumiu que era assim que se começava. Vez ou outra via algum Pokémon saltando entre árvores, voando em alturas baixas ou até mesmo passando pelas ruas da vila sem se notar ou se preocupar com a presença de Minerva.
Um jovem, uma raposa e um ovo em uma aventura




_____________

Minerva Orchid McConnell
PERFORMER & ÍDOLO
avatar
Masculino
Mensagens : 96

Perfomer
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1.1 — Início melado

Mensagem por Minerva em Sex Dez 14, 2018 10:44 pm

Início melado


Com os últimos acontecimentos eu ainda estava atordoado. Era tudo novo e completamente diferente do que já experimentara anteriormente. A sensação de ser um desenhista, um estilista ou um ator era completamente diferença se comparada a sensação que eu estava sentindo naquele momento como Performer, sendo que eu ainda não fiz nada.

A poucas horas atrás eu estava em Hydrine, vivendo uma vida tranquila sem grandes emoções. Mas agora estava ali, diante de um mundo cheio de criaturas das mais diferentes formas e peculiaridades que esperava por mim. Como se não bastasse, eu iria chegar numa cidade e fazer uma perfomance coordenando os meus Pokémon e por fim iria desafiar um Líder para que eu pudesse receber um tipo de prêmio. Definitivamente era muito estranho.

Essas perguntas me faziam sentir dor de cabeça e só embrulhava ainda mais meu estômago. Eevee, que estava confortavelmente deitada nos meus cabelos, parecia não se preocupar com aquilo, ela sempre desejou isso, eu acho, deve ser natural dos Pokémon querer batalhas, perfomances, ginásios, explorações e sei lá mais o quê.

Decidi parar um pouco para me acalmar, me sentei em um banco simples de madeira e fiquei observando as folhas balançarem. Vez ou outra eu via algum Pokémon passando por mim. Como que aborda um Pokémon e fala que quer lutar com ele? Felizmente esses meus pensamentos foram interrompidos.

Uma garota alta, não tanto quanto eu, devia ter uns dezessete anos, de pele escura, usava jeans rasgado na altura dos joelhos, um cropped laranja e um tênis comum preto com detalhes branco. Uma boca carnuda sem batom, grandes olhos castanhos feito os meus. Mas o mais atrativo naquela moça era o seu black power e o grande par de brincos que pendiam logo abaixo nas orelhas.

— Ei, meu nome é Beatriz. — o som do "z" se estendeu por mais algum tempo revelando um sotaque diferente. Um sorriso estampado em seu rosto, não era meigo, nem malévolo, passava uma sensação de felicidade, de quem tá de bem com a vida e com o astral lá no alto — Eh... o seu é...? — disse ela me acordando do transe de mais milhões de pensamentos.

— Ah, (provavelmente devo ter ficado vermelho de vergonha) sou Minerva. Prazer. — disse enquanto me levantava rapidamente para cumprimentar a garota. O silêncio predominou mais uma vez, ficamos um a encarar o outro sem saber como proceder com a conversa.

— E então? — disse receoso tentando quebrar o gelo.
— Então o quê? — retrucou ela parecendo estar tão confusa como eu
— E agora? Tipo, você veio até mim. Posso te ajudar com algo?
— Pera, eu que te chamei? Ah é! — disse como se tivesse acordado naquele momento — É que eu sou meio nova com essas coisas de treinadora, sabe? — assenti com a cabeça, entendia completamente a situação dela — Bom, você... gostaria de batalhar comigo? — perguntou, encabulada.
— Acho que... pode ser. Vamos. — aceitei, relutante.

Assim que aceitei o desafio voltei a sentir o repuxo no meu estômago, a qualquer momento todo o meu café da manhã podia sair pelo mesmo caminho em que entrou.

Pelo visto Eevee já estava acordada, parecia muito bem disposta para uma batalha por mais que nunca tivesse feito uma. Desceu da minha cabeça e saltou em direção ao solo enquanto aguardava o seu oponente. Receoso, guardei o ovo na bolsa — era precioso de mais para deixar cair.

Não demorou muito e Beatriz puxou do bolso da calça uma Pokeball. Lançou a esfera para frente e o objeto se abriu no meio liberando um feixe de pigmento azul. A partir desse raio uma criatura começou a se materializar, tinha um corpo arredondado, uma cauda longa e grossa, um par de grandes orelhas e os bracinhos curtos, era predominantemente marrom.

Fiz oque me parecia ser o certo, apontei a minha Pokedex para o Pokémon e fui informado que se tratava de um Sentret. Não devia ser difícil, eu acho.

Antes que eu pudesse pensar em dar ordens a Eevee, Sentret foi envolto em uma aura esbranquiçada e avançou numa velocidade incomum na direção da pequena raposa e a atingiu em cheio a arrastando alguns centímetros para trás.

— Eevee, revide com Covet. — ordenei mas com um certo tom de dúvida na voz.

Apesar de tudo, Eevee demonstrou ser exímia em fazer aquilo. Avançou rapidamente — não tanto quanto o último movimento de Sentret — e saltou em direção ao mesmo lhe desferindo uma investida que jogou o esquilo para trás.

Novamente, o roedor foi envolto pela mesma aura branca e avançou rapidamente na direção de Eevee, no entanto, a raposa fora esperta e saltou desviando do ataque. Bom, pelo menos era isso que tinha acontecido no primeiro momento, Sentret saltou tão rápido quanto corria e atingiu Eevee bem no ar fazendo com que ela caísse no solo sem equilíbrio algum.

— É a habilidade dele, Keen Eye, faz com que os movimentos tenha uma precisão perfeita. Interessante, não? — explicou Beatriz.

Eevee se levantou o mais rápido que pôde e, sob meu pedido, avançou mais uma vez na diretriz do esquilo a fins de atingí-lo com mais uma investida. O impacto foi grande e lançou Sentret a poucos metros para trás. O roedor levantou-se, ofegante, parecia estar cedendo à batalha.

— Adaptability. Faz com que os movimentos do próprio tipo sejam ligeiramente mais fortes. Interessante, não? — debochei.

A princípio Beatriz parecia espantada mas logo esboçou um sorriso de satisfação. Sem hesitar, deu novas ordens ao seu Pokémon e ele as executou.

A mesma aura branca revestiu o corpo do esquilo pela terceira vez naquele combate e ele avançou velozmente em direção a Eevee. Não havia como reagir, então Eevee foi atingido e arrastada para trás fazendo força para manter o equilíbrio.

Ao meu comando, a raposa avançou mais uma vez rumo a Sentret que estava próximo de si. Chocou seu corpo contra o do roedor e o lançou metros para trás.

Apesar dos esforços de Sentret, ele acabou por ser nocauteado e cedendo a vitória daquela batalha a mim e Eevee — que, inclusive, estava saltando de alegria.

— Você batalhou bem. A vitória foi merecida. — parabenizou-me com um sorriso simpático estampado no rosto. Pegou a Pokéball no bolso da calça e recolheu Sentret para dentro da esfera — Agora tenho que levar ele ao Centro Pokémon. Até breve. — despedimos-nos. Antes de ir, Beatriz me entregou um saquinho simplório de pano que, segundo ela, era a recompensa obrigatória por eu ter vencido ela em uma batalha justa. Depois disso, seguimos em caminhos opostos.
Um jovem, uma raposa e um ovo em uma aventura




_____________

Minerva Orchid McConnell
PERFORMER & ÍDOLO
avatar
Masculino
Mensagens : 96

Perfomer
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1.1 — Início melado

Mensagem por Sammy em Sab Dez 15, 2018 8:31 pm

Avaliação

Oie! Vou te avaliar nesta noite fria de Natal... Ou quase isto, tá fazendo um calorzão...


Enfim, seu texto fluiu bem e me contagiou bastante. Personagens Masculinos estão ficando escassos nesta Época de Empoderamento Feminino, GIRL POWER!

Agora parando de palhaçada, gostei muito do seu texto, só que infelizmente ele só vai valer 2 Lvls... Isso é culpa das novas avaliações, você sabe disso. Mas é só aproveitar e postar coisas pequenas mas com essa qualidade e você vai longe.

Organização ⭕
Criatividade ⭕
Construção ⭕
Coerência ⭕
Escrita ⭕




Ienes
Você adquiriu 180¥... É uma bufunfa....


Prêmio
Você adquiriu um Ice Heal.


Eevee
Eevee adquiriu dois Níveis indo do Nível 5 ao Nível 7, ele aprendeu Quick Attack.

Eevee's Status: Eevee está se sentindo bem hoje, tão bem que está querendo comer doces. Bem, ele está em clima natalino e gostaria de ver um pouco de neve. Ah, tome cuidado com Krampus.


[hideedit]
avatar
Feminino
Mensagens : 569

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1.1 — Início melado

Mensagem por Minerva em Dom Dez 23, 2018 11:24 am

Início melado


Agora que tinha vencido Beatriz eu não sabia oque tinha que fazer em seguida. Supus que o mais correto seria tratar dos poucos ferimentos causados a minha Eevee.

— Você lutou muito bem, garota. Parabéns. — disse com um sorriso para Eevee enquanto afagava seus pelos na cabeça. Ela retribuiu com um sorriso meigo.

Caminhei por poucos minutos, já havia passado pelo centro Pokémon anteriormente e sabia como ele era e onde ficava, pelo menos isso eu tinha que saber. Entrei no local e não demorou muito para que eu fosse atendido pela enfermeira, entreguei Eevee a ela e em poucos minutos a raposa retornou saltitante e eufórica, como sempre.

Parti do Centro Pokémon e não demorou muito para que meu sossego fosse interrompido mais uma vez. Dessa vez era um garoto miúdo e magricela, a julgar pelo porte físico devia ter onze ou doze anos de idade.

— Ei! Você! — dizia ele apontando para mim — Quer batalhar comigo?

Pelo o amor de deus, de novo não pensei comigo mesmo.

— Eu me chamo Bernardo. — falou animado agora apontando para si mesmo — Tá afim de uma batalha de dois contra dois comigo? — desafiou ele mais uma vez.

Respirei fundo para manter a plenitude e não cometer um crime de ódio.

— Me chamo Minerva. — respondi com desânimo na voz — E... bom, não tenho condições para dois contra dois. — olhei para o ovo marrom que eu carregava nos braços desde que havia chegado em Honey Island, esperava ansiosamente pelo momento em que ele eclodiria e me daria um novo Eevee.

— Ah... okay. — falou tristonho — Mas a gente ainda pode batalhar, certo? Daí eu experimento meu novo Pokémon. — desafiou mais uma vez com aquele sorriso de um canto do rosto ao outro.

INFERNOOOOO. Mais uma vez fiz tudo que estava ao meu alcance para manter a calma. Infelizmente, era a única forma de fazer com que o menino me deixasse em paz. Assenti com a cabeça e aceitei o desafio.

Alegremente, Eevee saltou da minha cabeça e se postou a minha frente aguardando o seu oponente ansiosamente.

Sem glamour, elegância ou estilo, Bernardo lançou a sua Pokeball e dela saiu um Pokémon predominantemente branco com alguns detalhes em marrom e outros em verde. Segundo a minha Pokédex, tratava-se de um Snover.

Junto do Pokémon, uma forte nevasca cobriu o campo de batalha e não tardou para a Pokédex me avisar que era a habilidade do Pokémon, Snow Warning, e a mesma nevasca faria com que estilhaços de gelo atingissem os inimigos frequentemente.

— Agora que comecei, vou ter que terminar. — sussurrei a mim mesmo — Eevee, ataque repetidamente com Covet. — iria sem muitas estratégias, teria que ser ofensivo desde o início se quisesse vencer.

Eevee era mais ágil que Snover e por isso executou as minhas ordens rapidamente. Avançou pela neve branca e fofa e saltou na direção de Snover, quando estava próxima o suficiente lhe desferiu uma investida e arrastou o Pokémon de gelo alguns centímetros para trás.

Snover retomou o equilíbrio e ergueu suas mãos a frente, um par de grandes folhas surgiu e eles a lançou como navalhas em direção de Eevee que fora fortemente atingida e fez com que a raposa grunhisse de dor.

Apesar da dor, Eevee se levantou e novamente correu na direção de Snover. Saltou no ar e surpreendeu seu oponente com uma investida contra o seu corpo lançando o Pokémon Grama um metro para trás.

Assustado, Snover se esforçou para levantar e ergueu seus braços a frente, dessa vez começou a agitar eles e a partir dos membros um pó gelado que perseguiu Eevee fazendo com que ela se estremecesse de frio.

Por fim, a nevasca se intensificou e estilhaços de gelo voaram contra minha pobre raposa que já estava bastante danificada e fez questão de dar a ela mais um machucado.

— Eevee, temos que acabar com isso agora ou nós vamos perder. — disse tentando consolar a raposa que tentou esboçar um sorriso para mim — Certo, mantenha Covet e depois use Quick Attack. Assim nós conseguiremos. — solicitei enquanto passava a mão em seus pelos para tirar o gelo que pairava sobre eles.

Agradeceu a carícia e logo se levantou, sacudiu a neve do corpo e se colocou em pose de combate mais uma vez. Correu em zigue-zague para confundir Snover e saltou no ar, em um instante caiu em cima de Snover chocando todo seu corpo felpudo contra o gelado Pokémon de Bernardo. Snover fora atingido fortemente e arrastado para trás, ofegava bastante.

Snover ergueu os braços a frente e manipulou duas grandes folhas, lançou-as em direção a Eevee e cortaram o Pokémon feito duas navalhas.

Eevee estava prestes a se dar por derrotada, ergueu-se com dificuldades. No entanto, a aura branca parecia ter lhe dado o gás necessário para o próximo movimento. A agilidade da Pokémon ultrapassou a comum. O flash branco avançou e se chocou contra Snover que foi disparado metros para trás, inconsciente.

— Snover, não! — gritou Bernardo enquanto ia acudir o Pokémon derrotado — Você foi duro mas desta vez nós perdemos, amigão. Descanse bastante. — falou o treinador ao retornar o Pokémon gelado para a sua respectiva Pokeball.

Guardei o ovo na minha mochila e peguei Eevee em meus braços, ela tremia de dor e frio mas o calor e carinho vindo de mim parecia fazer tudo isso melhorar. Esbocei um pequeno sorriso de gratidão para a raposa.

— É, você venceu de maneira justa. — Bernardo se aproximou — Tó, isso é pela sua vitória. Meus parabéns, Minerva. — falou o treinador me entregando um saquinho com dinheiro e um item que eu ainda não havia identificado — Bom, agora eu preciso ir tratar do Snover mas quero encontrar você algum outro dia para termos nosso dois contra dois. — disse ele com o mesmo sorriso de antes do início da batalha.

— Ah, obrigado. Seu Snover é bastante poderoso. — disse sem saber oque falar para consolar o garoto — Na próxima vez eu já terei um novo Pokémon, eu acho. Até lá então, Bernardo. — despedi-me do garoto pensando se queria ou não uma nova batalha contra o menino.

PS: Pode finalizar a Rota.
Um jovem, uma raposa e um ovo em uma aventura




_____________

Minerva Orchid McConnell
PERFORMER & ÍDOLO
avatar
Masculino
Mensagens : 96

Perfomer
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1.1 — Início melado

Mensagem por Z em Dom Dez 23, 2018 6:24 pm

Avaliação

Rise and shine! Você conseguiu passar bem a personalidade da personagem e a sua relutância em batalhar com o menino sem parecer forçado. Adorei a forma que você descreveu os movimentos, me senti uma real espectadora da batalha.
Organização ⭕
Criatividade ⭕
Construção ⭕
Coerência ⭕
Escrita ⭕



Eevee
Eevee adquiriu dois Níveis indo do Nível 7 ao Nível 9, ele aprendeu Baby-Doll Eyes.


Ienes
Você adquiriu 180¥. Não é tanto dinheiro assim, mas...


Prêmio
Você adquiriu uma Poké Ball. Já pode capturar novos parceiros!


Despojo
Você adquiriu uma Pretty Wing. Que tal fazer um dinheiro?

Eevee: Eevee está com vários cortes ao longo do corpo e gostaria de descansar. Fainted


[hideedit]
avatar
Mensagens : 448

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1.1 — Início melado

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum