Últimos assuntos
» Descrição — Breeder's Central
Hoje à(s) 4:16 pm por Sammy

» Descrição — Black Market
Hoje à(s) 3:41 pm por Sammy

» Descrição — Isle Avue
Hoje à(s) 2:10 pm por Janna

» Descrição — Isle Aplenny
Hoje à(s) 2:03 am por Apollo

» Descrição — Isle Aphun
Hoje à(s) 1:27 am por Apollo

» [BOX] Yuko
Ontem à(s) 11:39 pm por Yuko

» [M&T] Yuko
Ontem à(s) 11:18 pm por Yuko

» [Cap.10] — Beach Party
Ontem à(s) 4:14 pm por Janna

» RPG — Sistemas
Ontem à(s) 2:10 pm por Janna


[Chapter 1] Look up, Girl

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Chapter 1] Look up, Girl

Mensagem por Cynnamon em Qui Jan 18, 2018 2:10 pm




CHAPTER ONE — LOOK UP, GIRL
Uma longa viagem começa com um único passo


O
ar quente e a areia das dunas açoitavam minha pele e roupa pela centésima vez. Meu cabelo ia de um lado para o outro, seguindo completamente o ritmo do vento que sequer dava uma trégua. Respiro fundo e inspiro devagar, talvez agora eu pareça como uma louca que fugiu do manicômio. Enxugo o suor da testa e ajeito a alça da mochila nos ombros com a intenção de ignorar o estúpido calor. Retiro desajeitadamente o mapa de um dos compartimentos da bolsa e o abro, ansiando que meu pensamento daquele lugar estivesse errado. — Hmm... Nós provavelmente não estejamos em Spectre Town. — Digo com o coração batendo forte contra o peito. Eu nem preciso confirmar o fatídico, mas mesmo assim meus olhos recaem sobre o mapa mais na procura da consolação do que qualquer outra coisa. Aperto os lábios para reprimir um grunhido e franzo o cenho quando levanto o rosto na direção da cidade, repleta de construções de arenito rígido. — É, tá bem na cara que aqui não é Spectre Town... Será por que ele fica do outro lado da região?! — Rio da minha própria desgraça e viro o rosto para o pokemon ao meu lado que, por uma fração de segundos, me pego admirando a forma espectral da criaturinha. Ao contrário de mim, ela exibia uma expressão completamente serena. — Misd, nós estamos perdidas!
avatar
Feminino
Mensagens : 10

Localização : Geonite City

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter 1] Look up, Girl

Mensagem por Cynnamon em Ter Jan 23, 2018 7:41 pm


CHAPTER ONE — LOOK UP, GIRL
Uma longa viagem começa com um único passo


P
erdida. Essa pequenina palavra repetia na minha mente feito um eco interminável. Estava tudo planejado, seguiria para Spectre Town, exploraria os túmulos e aperfeiçoaria a comunicação com o mundo espiritual, mas, de alguma forma tudo foi por água abaixo. Agora eu suava feito uma condenada, comprovando em todos os aspectos o quão quente Geonite City podia ser. Os residentes sequer perdiam o foco nas vendas, pelo contrário, ficavam mais agitados sempre que a temperatura aumentava. Misdreavus oscila no ar, interessada no novo ambiente. Ela desvia os olhos e encontra o meus, curiosa em saber onde iriamos a seguir. — Hmm... acho que deveríamos pegar um ônibus que vá direto para Spectre. Só temos que achar um ponto ou o Terminal.

O vento zunia sem parar nos meus ouvidos e a areia da rua de pedra se misturava com odores desconhecido para mim. Virei o rosto franzindo a testa enquanto atravessávamos os edifícios de arenitos rígidos até as tendas e estandes coloridos. Observava atentamente os produtos únicos de Geonite e, não podia negar, a região possuía as pedras e joias mais exóticas e belas que já vira na vida — cada uma detinha uma cor única e os entalhes apenas enalteciam o encanto. Outras tendas também exibiam seus atrativos como as que se especializavam na venda de tecidos e robes. Meus olhos dançavam de um estande a outra, entretendo-me com a quantidade de artigos que Geonite usufruía, sem deixar de mencionar nas barracas de comida que se amontoavam mais adiante, perfumando o ar com suas gulodices de dar água na boca.

Minha barriga roncou quando passamos por várias grelhas com espeto de carne, e eu me arrependi de ter comido todo o lanche da viagem antes de chegar aqui. Pensei em comprar algo, mas a aparição de bastões de madeira em chamas girando no ar tomou completamente minha atenção. Senti um ritmo pulsante vibrar através das solas de meus pés ao ver dançarinos manejando o fogo com seus acessórios flamejantes ao redor das cabeças, desfilando na praça central. Puxei Misd junto ao peito e ficamos perto o suficiente de avistar um pokemon canino sair debaixo das longas vestes de uma das dançarinas. Ele rodopiava de acordo com o ritmo da batida da música e logo em seguida desaparecia para ressurgir sob outro dançarino. — É um pokemon selvagem. — Uma voz fraca e masculina fala ao meu lado. Era um homem calvo, barbudo e meio corcunda, segurava uma bengala. — Não importa a hora e o lugar, Rockruff sempre aparece para fazer sua própria apresentação. Um pokemon bem espirituoso, não acha? — Enunciou num sorriso cortês. Dou uma espreitada, desconfiada de que ele estivesse falando com outra pessoa. Os dançarinos terminaram seu segundo bis e deixaram o recinto com uma mesura. Devagar a multidão se dispersava e o senhorzinho pendeu na minha direção. — Oh, você é nova por aqui? Procurando alguma coisa? Talvez Rockruff possa ajudá-la, ele tem um excelente olfato e uma vez que ele conhece um cheiro, ele nunca mais vai esquecer.

Nada do que ele dizia fazia sentido, mesmo assim, seguir com os olhos para onde o dedo magro dele apontava e, quando volto a olha-lo, o velho havia sumido. Franzo tanto o cenho que sinto um nó se formar na testa. — Ele era um fantasma! — Murmuro, eufórica. Puxo uma pequena caveira pálida do bolso e a aperto de tal forma que meus dedos ficam brancos. Tornou-se um hábito tê-lo em mãos sempre que passo por uma interação sobrenatural. — Misd, você acha... Misdreavus? — Meu coração congela por não ver Misdreavus. Procuro-a freneticamente e logo a avisto interagindo com Rockruff. — Misd, não desapareça desse jeito. Vamos, temos que ir. — Misd acena e sorrir, aproximando-me do meu rosto. No momento em que giro os calcanhares, Rockruff abocanha minha mão e surrupia a caveira. Minha feição muda drasticamente ao testemunhar o horror dos dentes dele atingir a casca do crânio. — Não! Isso não é brinquedo! Devolve! — Exclamo chocada e ao mesmo tempo enfurecida. Meu corpo reage mais rápido que a mente, intentando desesperadamente pegá-la de volta. Por Arceus! Estava na cara que isso tudo não passava de uma brincadeira para ele. O embate só cessa quando escutamos o grito de uma mulher, ele solta e eu caio com tudo com a bunda no chão. Mordi os lábios para reprimir um xingamento.

As pessoas se aglomeravam ao redor da garota que chorava e noto que ela era uma das dançarinas de fogo. Ouvir que um colar, presente da falecida avó, fora roubado e ainda informou que tentou segurá-lo pela gola, mas o ladrão era mais forte e a empurrou, deixando-a desacordada. — Por acaso você não viu o rosto dele? Ou alguma marca? — Argh! Maldita seja minha boca e curiosidade. Não contive a vontade de me intrometer. Sentia os olhares curiosos sobre mim. Mantive-me inexpressiva, esperando pela resposta. — Ãhn... não. Ele usava um capuz, não vi seu rosto... — A garota lamenta. Ela sabe que nenhuma dessas informações ajudaria na busca do ladrão. Suspiro. Devo ajudar ou não? Eis a questão. Por outro lado, Rockruff claramente demonstrava querer ajuda-la. Espera um pouco, o velho fantasma disse que Rockruff tem um excelente olfato, não foi? Perguntei à dançarina que emprestasse alguma coisa que tivesse o mesmo cheiro do colar. Ela hesitou, mas com um pouco de incentivo entregou um lindo e delicado lenço esverdeado. Deixei o pokemon cheirar e o indaguei se podia nos levar até o colar. Num latido, rumou para as tendas. Antes de segui-lo, algo no chão chamou minha atenção. Não querendo perder tempo, eu apenas o peguei e guardei no bolso. A perseguição durou alguns minutos. Paramos em frente à uma tenda de joias. O vendedor, um homem alto e de barba longa quase cinzenta, nos encarou esnobemente. — Meu colar! — A jovem dançarina clamou, feliz.

— Ei! O que pensa que está fazendo? Não toque se não for comprar. — Bracejou o vendedor.

— Mas este colar é meu! Ele foi roubado da minha tenda. — Fala em uma arfada cansada, com os olhos marejados.

— Você está implicando que eu roubei? É isso mesmo?  — As palavras saiam como farpas. Nem a policial que nos acompanhou ali poderia fazer alguma coisa. — Terá que comprar. Comprar! — Anunciou, arrogante. Porém, o preço era alto demais para a dançarina pagar. Tamborilei os dedos, pensativa. Questionei ao homem se ele reconhecia bem seus produtos e obviamente afirmou que sim, como a palma da sua mão. Nesse caso, pedi que descrevesse o colar enquanto a policial verificava se a descrição batia. O barbudo enchia o peito sempre que descrevia o cordão. Então, solicitei que a dançarina fizesse o mesmo. A garota contou minuciosamente cada detalhe, relatou as ranhuras nos ornamentos, do peso e mencionou das inicias do nome da avó dentro do pingente. A policial criteriosa tentou abrir a joia, contudo, somente nas mãos da jovem que o pingente se abriu, revelando as finas iniciais da avó. O homem rangeu os dentes, incrédulo e determinou que teriam que pagar pelas suas despesas, já que não fora ele que roubara. — Nesse caso, só temos que encontrar o culpado. — Retiro um pequeno botão perolado do bolso e mostro à Rockruff. O homem vinca o semblante e mostra os dentes, desdenhosamente. — Um botão? Como isso nos levará ao culpado?

Alarguei o sorriso felino. — Que bom que perguntou. Rockruff encontrou o colar da jovem a partir do cheiro e esse botão caiu da roupa do ladrão quando ela o agarrou pela gola. — O sorriso conspiratório do vendedor murchou ao ouvir aquilo. O pokemon canino balançava o rabo entretido e prontamente respondeu a mais um pedido meu. Em menos de um segundo Rockruff mirava o responsável, o vendedor.

No fim, a dançarina conseguiu seu colar e o vendedor ladrão foi preso. A moça e toda a sua trupe me agradeceu com abraços e fui forçada a dizer que a felicidade dela bastava. — Parece que ele gostou de você. Por que não tenta captura-lo? — Falou a dançarina antes de partir com o seu grupo. Rockruff me encarava, os olhos brilhantes e o sorriso de orelha a orelha. Tamborilei os dedos no queixo, pensando seriamente na sugestão. Mais um pokemon no grupo não faria mal, certo? Antes que eu tivesse decido, Rockruff se posicionava com a cabeça abaixada, pronto a atacar. Deixo escapar um meio sorriso. — Me vingarei por morder minha preciosa caveirinha! — Misdreavus se apruma a minha frente, igualmente determinada. De súbito, dito o primeiro movimento. — Growl! — A fantasminha acata num ululo, emitindo um grito alto. Rockruff rosna e demonstra mais uma vez o quão ágil é, esquivando com muita naturalidade e contra-atacando logo em seguida — ele salta e usa o próprio corpo em um golpe. Fico perplexa e por um segundo perco o foco ao ver Misd se desequilibrar e oscilar para trás.

Argh. Mesmo que eu entenda das regras ainda sou inexperiente em batalhas, mas se quero me tornar uma famosa exploradora tenho que ficar mais forte. Estapeio meu rosto, deixando duas marcas vermelhas nas bochechas. Inspiro fundo e solto o ar pela boca. — Vamos lá Misd! — Falo, confiante. Rockruff se aproveita da minha distração e corre a toda velocidade em Misdreavus, intentando o mesmo ataque anterior. — Evasiva! — Digo exasperada. Ela desvia por um triz. Droga. Não parece que ele havia terminado seu movimento, pois se impulsionou com as patas traseiras e tencionou um outro ataque. — Evasiva! — Rockruff não dava brechas, estávamos num círculo vicioso, ataque, esquiva, ataque e esquiva. Ele não se cansa? Espera. É isso! Pedi para Misdreavus que continuasse evitando os golpes e à medida que isso acontecia, deixava-o simultaneamente frustrado. Sabe, ataques aleatórios fracassados esgotam as energias mais rápido do que pensamos. E não demorou para que Rockruff mostrasse exaustão. Quando se desequilibrou, comandei o Psywave. O espectro azulado irrompe em um grito penetrante e uma estranha e quente onda de energia, compelindo brutalmente ao solo. Depressa peguei a pokébola e o arremessei.  A bola se expande e toca a ponta da cabeça dele, o sugando para dentro. A pokébola cai no chão, piscando e balançando. Parecia uma eternidade. Então, a luz esmaece em um tilintar.


Última edição por Cynnamon em Qua Jan 24, 2018 2:48 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Feminino
Mensagens : 10

Localização : Geonite City

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter 1] Look up, Girl

Mensagem por Wolf em Qua Jan 24, 2018 3:51 am

AVALIAÇÃO
Você sem dúvidas tem uma escrita maravilhosa, entretanto há alguns poucos erros ortográficos, mas nada realmente comprometedor. Estou invalidando seu texto, pois ao final a narração do ataque de Rockruff está consistente com o movimento Double Team cujo qual não é aprendido pelo canídeo, veja:

Falo, confiante. Rockruff volta a se mexer, dessa vez, circulando velozmente o oponente, transformando sua silhueta em apenas uma miragem. Ele vai atacar, mas onde?

Saliento que faça uma outra descrição para o movimento editando seu post e solicite outra avaliação.   

Enredo: 0/5.0
Escrita: 0/5.0
Total: 0

Inválido






[hideedit]
avatar
Masculino
Mensagens : 30

Explorador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter 1] Look up, Girl

Mensagem por Sammy em Qua Jan 24, 2018 3:41 pm

REAVALIAÇÃO
Olá, você tem a escrita muito boa... porém, seu enredo foi tão simples. O empolgante mas clichê começo de jornada. Tente dar mais emoções ao seus textos, coloque vilões e treinadores mesmo isto sendo uma captura, coloque assassinatos ou diversão mesmo sendo um treino. Você é livre para fazer o que quiser, mesmo este sendo um treino ou uma captura, mas claro você deve sempre manter o básico de ambos; o Arremesso de Pokébola e uma batalha.

Enredo: 3.5/5.0
Escrita: 5.0/5.0
Total: 8.5

Muito Bom
Misd's HP: 50%
Rockruff's HP: 30%


Misdreavus adquiriu 2 níveis, com isto está Nível 7. Rockruff foi capturado no nível 7.  






[hideedit]
avatar
Feminino
Mensagens : 323

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter 1] Look up, Girl

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum