Últimos assuntos
» [Jogo] — Retrato
Sab Out 13, 2018 4:44 pm por Yuko

» [Jogo] — Aleatórizador
Sab Out 13, 2018 4:29 pm por Yuko

» Bom Dia, Tarde e Noite.
Sex Set 07, 2018 2:19 pm por Janna

» Exploração — Yoshino & Haley
Sab Ago 18, 2018 7:34 pm por Mathito

» Cap. IV — And the seas are frozen in time...
Sex Ago 17, 2018 11:20 pm por Sammy

» Dados — Yuki Asahina
Qua Ago 15, 2018 11:01 pm por Dados

» Descrição — Exploration Center
Qua Ago 15, 2018 5:48 pm por Apollo

» #6 - Dobradores de Areia
Seg Ago 13, 2018 10:36 pm por Mathito

» [Sugestão] Pontuação Contest Hall
Seg Ago 13, 2018 10:28 pm por Mathito


[Ficha] Thierry

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ficha] Thierry

Mensagem por Thierry em Qui Jan 18, 2018 2:52 am


Thierry Campbell Stan

Sexo:Masculino
Idade:13
Cidade Natal: Meridian Town
Pokémon Inicial:Vulpix
Classe & Classe Secundária:Criador/Enfermeiros

Físico

Thierry tem a aparência de um pré adolescente normal, com cabelo cor de ouro curto e bagunçado, seus olhos são castanhos que ao decorrer do dia se torna um alaranjado um tanto esquisito, o mesmo tem 1, 55 cm de altura, magro e com a pele macia;  ele sempre veste uma blusa fina azul, calças cinza frouxas e um casaco verde com capuz, no qual contém em ambos os lados, um puxador, o mesmo decide se "aperta ou desaperta" o capuz. (Thierry vive mordendo esse puxador, já que a ponta é redonda)



Mental

Thierry se apresenta como um pré-adolescente calmo e tímido, ao decorrer do tempo, quando se torna amigo da pessoa, ele se torna alguém visivelmente mais disposto a perguntar, se interessando mais na vida e nos objetivos dos outros, isso é um ponto positivo já que o mesmo fica calado a maior parte do tempo e só  emite palavras quando necessário. Thierry  também se revolta por não ter amigos, muito menos fazer o que praticamente todo mundo faz.

Thierry tem medo do escuro, a provavel causa disso foi algo queaconteceu com ele no passado. Ele se ofende fácil quando o assunto é altura, sendo assim, bem sensivel com piadas que envolvam "coletor de cogumelos" e "versão humana de togepi" Odeia quando alguém tira vantagem dos outros, como por exemplo, (roubando dinheiro), abandono de qualquer tipo de coisa... Mas o que mais lhe fere é saber que um Pokémon foi machucado por maldade. O garoto prefere banana ao invés de maça, prefere Pokémons de fogo ao invés dos de água, ajuda quem estiver em perigo, por mais que isso lhe traga prejuízo, tanto financeiro quanto de ‘vida’ (risco de morte) O menino de olhos marcantes sempre foi amigo dos pokémons, fingia estar voando junto com pássaros, abrindo os seus braços e se tornando cada vez mais inocente; essa é a palavra que define a personalidade dele. Ele não acredita que as pessoas fazem maldade, sua mente funciona da seguinte forma – Se você fez tal ato, foi porque não teve escolha – E logo, ao decorrer do tempo, essa personalidade vai ser um pouco modificada. Thierry vai se tornar calmo, porém debochado, sua confiança nos seres humanos mais velhos vai cair drasticamente, retirando dessa lista os seus pais, já que há um grande afeto por eles.


História

O dia estava quente de rachar, abafado e úmido. O calor me cozinhava lentamente, mas eu não ligava. Meus olhos estavam lacrimejando por causa dos poluentes que o pólen espalhava; moro em um lugar afastado do centro da cidade, em um campo aberto cheio de flores e rastros de algum pokemon grande. Mudei-me para essa cidade quando era pequeno, menor do que sou agora. Nessa idade, não sabia ao certo do que faria, talvez devesse ser um agricultor, como os meus pais, mas quem sabe um criador Pokémon? Eles são magníficos, se preocupam três vezes mais com o bem-estar do Pokémon, além de saber muito mais sobre as suas comidas favoritas e o seu habitat mais confortável.

♦️♦️♦️

Arrumei-me às pressas quando o relógio bateu 12h30. Já havia almoçado e estava totalmente disposto a conquistar um Pokémon, meus métodos eu já havia pensado a semanas atrás, quando marquei no calendário que não passaria de hoje o começo da minha jornada. Respirei aliviado em saber que os meus pais já haviam concordado com o fato de me tornar um criador Pokémon, nunca passaria na mente deles que essa tarefa de capturar por meio de ações amigáveis, daria tão errado... Minha tentativa de encontrar meu primeiro Pokemon saiu totalmente errada, eu tropecei em uma pedra fora do comum ao tentar jogar a pokebola quando o mesmo estava comendo algumas frutas. Na segunda vez o polén da área me fez ter uma crise de espirro que, nossa! TODOS os pokemons por perto se esconderam.

A terceira vez eu me arrastei pelo chão, é ótimo ser baixinho nesses momentos, mas começou a chover e eu fui dominado pelo chão molhado; e sem tirar o fato de que quase me afoguei.

♦️♦️♦️

E alguns minutos se passaram enquanto eu corria para debaixo de uma arvore imensa que havia naquele local. Balancei o meu cabelo e algumas pequenas gotas de agua pulavam de minha cabeça. Eu estava protegido da chuva; meus olhos se encheram de lagrimas e eu pude sentir o fracasso, como iria voltar para casa depois disso tudo? E depois de perder a força de vontade, adormeci... – Estou com um gosto tão estranho na boca... eu... Ah... Sinto tanta sede... (Abria os olhos lentamente enquanto mexia em seus lábios secos)  – Está escuro? O que? Eu dormi demais! Não... Estou aqui há séculos.  Um pequeno sorriso fora mostrado em meus lábios... Eu nunca contei isso a ninguém, mas sempre que durmo, me sinto renovado, pouco me importo com oque acontece antes, tirando uma boa soneca, ESTOU NOVO!

♦️♦️♦️

Voltei para casa depois de ter acordado, meus pais quando me viram voaram encima de mim, abraçando-me. Sempre considerei a preocupação uma coisa tão completamente sem sentido quanto a culpa, que no caso era a minha culpa. Deitei-me na minha cama e não consegui dormir; mamãe veio até mim naquela hora, sentou-se ao meu lado e colocou uma caixa quadrada na mesa de cabeceira e disse. – Não desista, meu filho... Hoje só foi o começo de tudo que está por vir. Ela me olhou nos olhos e sorriu, poderia ficar naquela cena o restante da noite. E quando a mesma se levantou, encerrou a conversa falando. – Eu e seu pai não iriamos dá-lo a você porque ele é pequeno, mas o destino faz coisas com a gente para que outra nos abençoe da melhor forma possível. – Feliz aniversário... Quando olhei o relógio, bateu 00h00min, aquela nova data, meu aniversario e eu nem havia me ligado, pois estava anestesiado com a ideia de ter meu primeiro Pokémon. Mamãe se retirou do quarto e eu fui direto para a caixa quadrada e havia uma pokebola dentro! Eu mal acreditei naquilo, peguei-a nas mãos e quando a toquei oque havia saiu... Uma raposa? VULPIX, um pequeno pokémon com a cauda ainda pequena, sua orelha pontuda e a sua fofura já havia me conquistado. Obviamente peguei a minha mochila e dei alguns petiscos que ele iria amar, fazendo uma pequena sujeira no quarto, mas quem ligaria? Eu gritei, minha reação foi uma das melhores possíveis; Vulpix me olhou, se aproximou e se aconchegou em mim. MEU PRIMEIRO POKÉMON! E a partir daqui a minha jornada como criador Pokémon começa.


avatar
Masculino
Mensagens : 9

Criador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ficha] Thierry

Mensagem por Sammy em Qui Jan 18, 2018 10:58 am

AVALIAÇÃO
É um personagem simples de história simples, algo leve com algumas emoções, uma história fácil de ler e interagir. Por fim sua Ficha está:

Válida!

Agora você é um cidadão de Aurille. Cuide bem de Vulpix, e caso tenha sorte e vontade pode rodar os dados Shiny para este em sua Central de Dados.

avatar
Feminino
Mensagens : 496

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum