Últimos assuntos
» [Jogo] — Retrato
Sab Out 13, 2018 4:44 pm por Yuko

» [Jogo] — Aleatórizador
Sab Out 13, 2018 4:29 pm por Yuko

» Bom Dia, Tarde e Noite.
Sex Set 07, 2018 2:19 pm por Janna

» Exploração — Yoshino & Haley
Sab Ago 18, 2018 7:34 pm por Mathito

» Cap. IV — And the seas are frozen in time...
Sex Ago 17, 2018 11:20 pm por Sammy

» Dados — Yuki Asahina
Qua Ago 15, 2018 11:01 pm por Dados

» Descrição — Exploration Center
Qua Ago 15, 2018 5:48 pm por Apollo

» #6 - Dobradores de Areia
Seg Ago 13, 2018 10:36 pm por Mathito

» [Sugestão] Pontuação Contest Hall
Seg Ago 13, 2018 10:28 pm por Mathito


[Cap.2] — The real desert

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Cap.2] — The real desert

Mensagem por Aurelion em Dom Jan 07, 2018 5:37 pm




本当の砂漠
O Deserto Real
The real desert


ㅤㅤㅤㅤㅤㅤ A minha equipe de pokémons teriam dobrado, de um eram para dois e torceria para que os mesmos estivessem bem após a luta que tiveram com Zubat, até porque eu teria os curados com a minha experiência de enfermeiro. Passos lentos e tranquilos, podendo ser ludibriados pelo calor que o sol fazia, apenas focava em caminhar para uma única direção, o sul, e assim continuaria procurando não encontrar muita coisa pelo caminho para que eu conseguisse finalmente sair daquele deserto.
avatar
Mensagens : 28

Pesquisador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Cap.2] — The real desert

Mensagem por Aurelion em Dom Jan 07, 2018 8:56 pm




本当の砂漠
O Deserto Real X Tempestade
The real desert X Storm


ㅤㅤㅤㅤㅤㅤ O calor estaria intenso, o meu corpo todo suava por aquelas terras enquanto meus dois pokémons estariam protegidos por aquele projetil esférico, conhecido mais como pokébola, estaria entediante já ficar naquele calor e talvez aquele meu pensando de não encontrar nenhum obstáculo pelo caminho ficaria a mudar, uma luta no meio daquele deserto não seria uma má coisa a acontecer.
 
Meus passos eram lentos e precisos, colocava força nos mesmos para que eu conseguisse sair daquele deserto, eu não teria sorte novamente de achar um pokémon igual ao Larvitar que teria me salvado. Seguro firmemente a pokébola de Larvitar, penso que ele já estaria acostumado com aquele clima, já que tinha me salvado e vivia pelo deserto com as informações da Pokédex eu pegaria, então levemente o libero ficando a um metro de mim no chão, e assim dizia ─ Larvitar, ainda estamos no deserto como pode ver, vamos encontrar algo para fazer pra acabar com este meu tédio, e acredito que você bem esteja, já que faz um bom tempo que está dentro de sua pokébola ─ e voltaria a andar, enquanto de repente uma pequena onda de vento viria, logo em sequência uma outra, fechava os meus olhos já que vinha alguns grãos de areia que poderia me deixar cego temporariamente e Larvitar fazia o mesmo, quando viria logo a frente que uma tempestade estaria a vir, não seria uma boa enfrenta-la já que não saberia de sua força máxima, quando Larvitar da um pulo pequeno, e em sequência grita ─ Tar, tar, tar! ─ ele parecia saber daquele deserto e começaria a correr, esperando que eu o seguiria, fazia isto para não o perder de minha vista, como também para que a gente conseguisse achar um local para se esconder antes mesmo que a tempestade nos pegasse.
 
 Os meus passos eram mais largos e ágeis, o corpo pequeno e leve de Larvitar fazia com que o mesmo não tivesse muita dificuldade de caminhar pela areia, já o meu, não era bem assim. Quando logo a frente veria uma caverna, a gente teria mudado um pouco do rumo, mas encontraríamos um lugar para se esconder daquela tempestade, olhava para o sudeste e veria a tempestade se aproximando, chegariam até mim em questão de minutos e alguns segundos, quando veria uma pokébola, esta apenas a sua parte de cima e como também parecia estar vazia, seria a segunda que eu encontraria desde o começo de minha jornada ─ que sorte! ─ era o que eu dizia enquanto me aproximava, as minhas mãos iriam de encontro com ela quando de repente a areia se mexia, eu logo daria um pulo para trás enquanto Larvitar parecia estranhar, quando de repente uma casca poderia ser vista, da mesma coloração daquela areia e logo veria que se tratava de um pokémon selvagem, a pokébola estaria em seu lado e ele olhava diretamente nos olhos de Larvitar, eu pegaria a minha Pokédex e miraria nele, coletando mais informações para a mesma.
 
Ele caminhava para a entrada da caverna, ele parecia estar bravo por tê-lo acordado enquanto ainda ficaria a encarar o pequeno Larvitar, então eu dizia para o mesmo se preparando para uma futura batalha que poderia ter naquele momento ─ tome cuidado Larvitar, ele pode te atacar a qualquer momento, por enquanto apenas recue... ─ com os seus pequenos pezinhos Larvitar iria andando para a direção ao contrária daquele tatu, aos poucos se recuando e como também aumentando a distância entre os dois, eu não saberia o poder de Larvitar já que o mesmo não teria entrado em uma luta ainda, já que o teria capturado amigavelmente, teria que ter todo o cuidado com aquela batalha e como também terminar com aquilo antes que a tempestade de areia se aproximasse, deduzindo com os meus olhos, ela chegaria até nós em apenas três minutos e alguns segundos, então torceria para que Sandshrew saísse do caminho para que a gente pudesse entrar, ou atacasse de meu pokémon o mais cedo possível, para que a batalha terminasse mais rápido.
 
Sandshrew começaria a agir, o seu corpo se encolhia em questões de segundo se tornando um tipo de esfera oval, quando de repente partiria em direção de Larvitar que não tirava os olhos de seu corpo analisando de seu movimento, a velocidade do pokémon selvagem parecia aumentar enquanto Larvitar continuaria a recuar, mas desta vez com salto para que não fosse pego pelo ataque do tatu, quando de repente era atingido pela perna e jogado para longe, a esfera se desfazia e assim novamente o tatu mostraria a sua cara, enquanto eu dizia lhe dando sua primeira ordem em uma batalha comigo ─ inicie com Leer, e em sequência o ataque com um Bite! ─ o pequeno Larvitar não teria muitas opções para atacar, no máximo o que eu conseguia naquele momento era apenas três ataques, estes eu não sabia o que fazia, mas tinha uma pequena dedução. O lagarto começaria a encarar de seu adversário, parecia faze-lo ter medo, talvez o tatu saberia quem era o mais forte daquela luta, ambos não tirariam uns olhos do outro, enquanto o próprio Sandshrew começaria a recuar com lentos e pequenos passos para trás, e então Larvitar começaria a correr em direção de seu adversário, o se aproximando bem mais rápido que o mesmo e assim o tornando o seu recuar meio que inútil, em seguida o acetaria com uma mordida em sua mão a deixando bem ferida e fazendo daquele tatu a gritar de dor, quando conseguiria jogar o Larvitar para longe após se remexer várias vezes.
 
Ambos estariam feridos, mas o tatu parecia estar em sua desvantagem, ele abaixaria o seu corpo e com as suas duas mãos tocaria naquela areia em sequência a abria, colocando força como também deixando a dor ainda pior, a areia ia em direção nos olhos de meu Pokémon, e logo eu gritaria antes mesmo de atingir ─ feche os seus olhos ─ um movimento básico e não muito diferente, rapidamente o Larvitar fecharia de seus próprios olhos obedecendo de minhas ordens alguns segundos depois se abria não sendo afetado pela areia, quando era surpreendido com o Sandshrew que se aproximava em uma grande velocidade e o atingia com um arranhão em sua barriga, o mesmo não era jogado para longe e não parecia ter machucado com aquele ataque, ele soltaria um sorriso sarcástico enquanto encarava o pokémon esperando alguma ordem vindo de mim. ─ Talvez não seja uma boa ideia, mas eu quero que você use Sandstorm em sequência o ataque com Bite novamente, desta vez em uma área mais letal! ─ o Larvitar começaria a se mover estranhamente, era como se estivesse a dançar naquele momento, a poeira começaria a se erguer, e aquilo não seria a tempestade que eu temia, a mesma ainda estaria a um minuto de chegar e aquela era gerada pelo meu próprio pokémon, a areia começaria a subir e como também cuidar conta do local, um pequeno vento me atrapalharia enquanto eu pegava de meu book, enquanto o local ficaria imerso daquela tempestade produzida pelo meu pokémon, em sequência ele partiria para cima de Sandshrew que não parecia se acostumar com aquela tempestade e era acertado com uma mordida em seu pescoço, o tatu gritaria de dor e como também parecia se preocupar, eu também sentia isto e talvez não seria uma boa fazer um pokémon sofrer, mesmo partindo de um selvagem ─ solte-o e afaste! ─ e assim o pequeno lagarto verde soltaria o tatu no chão, se agastaria com alguns saltos para trás não tirando os olhos de seu oponente que estaria bastante ferido, em uma distância de mais ou menos cinco metros.
 
Sandshrew estaria longe de Larvitar, mas parecia que iria atacar dali, de seu casco tiraria um tipo de agulha e esta teria uma coloração roxa, em sequência atacaria em direção de Larvitar que ficaria parado, e esta agulha era levada pela tempestade sem ao menos se aproximar de seu corpo, enquanto o tatu começaria a rolar novamente por aquela terra e assim correndo em direção de Larvitar, eu sorria e aquela batalha parecia estar ficando quente, mas a tempestade maior estaria se aproximando e eu não poderia prolongar mais aquilo, aponto para Sandshrew que estaria a se aproximar e então digo ─ vamos lá, quero que colida com ele, e quando ele se desfazer o atinja novamente com um Bite! ─ e assim ele correria em direção de seu adversário que vinha em sua direção em um tipo de rolamento, então eu tomaria este pequeno tempo para copiar o movimento do tatu em meu caderno, este o seu Rollout, quando de repente ambos se batiam fazendo que ele parasse de rodar e neste momento o pequeno lagarto o atingiria bem em sua barriga com uma mordida, o fazendo desmaiar naquele mesmo momento, sendo a vitória sua.


LOG:


______________________
• Turn 1: Rollout  (Sandshrew)
• Turn 2: Leer  (Larvitar)
• Turn 3: Bite  (Larvitar)
• Turn 4: Sand Attack  (Sandshrew)
• Turn 5: Scratch  (Sandshrew)
• Turn 6: Sandstorm  (Larvitar)
• Turn 7: Bite  (Larvitar)
• Turn 8: Poison Sting  (Sandshrew)
• Turn 9: Rollout  (Sandshrew
• Turn 10: Bite  (Larvitar)
______________________


 
Você foi muito bem Larvitar, agora volte para a pokébola! ─ dizia o retornando para a sua pokébola, enquanto eu olhava para a direção da tempestade e ela me atingiria em questões de segundo, correria até aonde estaria a pokébola vazia e a pegaria, colocando em meu bolso eu correria em direção da caverna enquanto olhava para trás, o Sandshrew estaria no chão e em seguida olharia para a sua direção oposta, a tempestade o iria atingir em menos de cinco segundos, eu não teria tempo para pensar enquanto soltaria de minha boca ─ droga! ─ deixaria ali na caverna as pokébolas de Larvitar e como também de Togepi, e então correria em direção do pequeno tato e o pegaria em meu colo, o mesmo estaria inconsciente e não iria me machucar neste momento, quando era atingido por aquela tempestade, o meu corpo era jogado para trás e mais longe de meus pokémons, que estariam dentro de suas pokébolas, mas protegidos pelas paredes da caverna, eu piso fortemente naquele solo difícil de andar enquanto cubro o corpo do tatu daquele tempestade, eu agacho o meu corpo ficando ainda mais próximo do chão e com o meu único braço livre o coloco no solo me dando mais ajuda para andar até a caverna, estaria a me movimentar mais ou menos a 0,3m/s e a caverna estaria a um metro, demorava em torno de cinco segundos até que a pressão da tempestade pararia e eu cairia junto com Sandshrew para dentro da caverna, aonde ambos estariam livres daquela tempestade.
 

Sento no meio daquela caverna, enquanto passo a tratar dos ferimentos de Sandshrew provocado pelo meu próprio Pokémon, o mesmo estaria bem machucado e demoraria para que eu restaurasse até o seu 100%. Vinte minutos se passavam e o corpo dele estaria bem melhor do que antes, mas ainda inconsciente, colocaria ele em meu lado enquanto deitaria para descansar, pois aquela tempestade iria demorar para se acabar.



Informações
- Evento: Treino
- Dado: Link
- Move Copiado no Book: Rollout
- Cura Realizada: Sandshrew
- Esperando a tempestade passar
avatar
Mensagens : 28

Pesquisador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Cap.2] — The real desert

Mensagem por Sammy em Dom Jan 07, 2018 10:47 pm

AVALIAÇÃO
Saudações. Eu realmente adoro seus textos, você me faz sentir na pele de Aurelion, eu consigo sentir as emoções e as dores dos Pokémons, sua narração é quase que impecável, chegando próxima ao tão querido Ótimo. Eu amo de verdade seus textos, mas tenho ainda preferência por suas batalhas, são narradas de forma tão frenética e bruta, eu gosto disso. Outra coisa é o seu amor pelos Pokémons, você gosta do seus Pokémons e dos Pokémons selvagens, espero que não mude sua narração tão cedo.

A nota máxima e dada apenas para rotas literalmente perfeitas, isto é: Pontuação em seu lugar e sem nenhum tipo de erro ortográfico. Desta vez, encontrei dois erros... o número um, são os pequenos erros de ortografia e concordância, algo básico que eu não avalio muito, o número dois é a repetição meio que um pouco irritante de "Daquele" e "Daquela", "Naquele", "Naquela", ou seja tudo "quele" foi usado de forma muito exagerada. Eu também cometo estes erros, por conta disso uso este Site. Por fim, suas notas foram:

Enredo: 5.0/5.0
Escrita: 3.5/5.0
Total: 8.5/10.0
Muito Bom
Larvitar's HP: 70%


Larvitar, está Level 9. Subindo dois níveis.

avatar
Feminino
Mensagens : 496

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Cap.2] — The real desert

Mensagem por Aurelion em Seg Jan 08, 2018 7:38 pm




本当の砂漠
O Deserto Real X Um cubo de gelo no deserto
The real desert X An ice cube in the desert


ㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Teria caído no sono novamente, e como também acordaria apenas de noite aonde estaria bem frio, minhas costas estariam doloridas por conta de eu estar deitado naquele chão duro proporcionado pela caverna. ─ Que dor... ─ dizia enquanto levantava os meus braços levemente e alongando os mesmos, quando em meu colo eu viria o Sandshrew, o pequeno pokémon que eu teria derrotado e salvado daquela tempestade que estaria a vir do sudeste, olharia para ele e parecia que ainda estaria a dormir, não teria muitos interesses de captura-lo e transforma-lo em minha equipe naquele momento, levemente eu me mexia enquanto colocaria ele no chão cuidadosamente e deixaria o dormindo ali, caminhava em direção da saída da caverna e veria que finalmente a tempestade teria ido embora, pois teria passado em média de algumas horas.

Os meus passos eram lentos e silenciosos, checava se tudo estaria comigo naquele momento, como as pokébolas de meus pokémons e meus equipamentos, olhava para fora do deserto e voltaria a caminhar para o sul. Pego as duas pokébolas que eu teria, na direita estaria Togepi e a da esquerda Larvitar, jogava ambos para cima e liberando, Togepi como acostumado ficaria em minha cabeça e o pequeno Larvitar me acompanhando em meu lado, eu olharia para ambos e dizia ─ vocês deviam estar enjoados de ficar dentro daquela pokébola, agora de noite não está tão calor como antes, e eu acho que conseguiremos aguentar este frio enquanto ainda conseguimos nos mover aquecendo o nosso corpo. Então vamos procurar sair mais cedo desse deserto! ─ de minhas palavras pareciam ter afetado eles de uma maneira, eles ficariam agitado, enquanto Togepi pulava em minha cabeça me machucando um pouco, Larvitar pularia no solo levantando a areia, e segundos depois ambos se aquietariam e continuaria a andar por aquele deserto procurando o seu fim, mesmo estando escuro e sendo iluminado apenas pelas estrelas.
 
A caminhada estaria sendo longa e o fim do deserto ainda não poderia ser visto, o frio era algo incomodante, até um pouco mais do próprio calor que o deserto fazia por sua tarde, talvez eu tivesse me acostumado com ele. Olharia para Larvitar e o mesmo me acompanharia, o deserto estaria fria, mas entenderia que ele já estaria acostumado, pois era o mesmo que teria me salvado naquela noite enquanto eu ainda saia de minha cidade.
 
Minha movimentação iria ficando cada vez mais lenta, e meus pés se enterrando nas areias, quando de repente vinha um ar congelante em minhas costas, o sereno poderia me fazer pegar uma gripe, mas aquilo não parecia ser algo natural, quando de repente me virava veria um pokémon, este era pequeno e como também sua aparência era um pouco estranha, eu pegaria de minha Pokédex e o mesmo não parecia ser muito agressivo, coletando informações veria que seria uma pokémon fêmea e o mesmo não deveria estar por ali, já que era do tipo gelo e estaria em um deserto, pelo menos esperaria estar certo sobre isto. A Smoochum não parecia ser ofensiva ou algo do tipo, mas como também me ignoraria passando reto dizendo a cada passo que dava Smooo, chun. Smooo, chun... ─ e continuaria a andar passando por minha frente, eu procurava chamar sua atenção com um grito e como também alguns sinais, e a mesma voltava a me ignorar.
 
Olho para a Togepi que parecia estar um pouco confusa com aquela cena, eu a colocava no chão enquanto apontava para a Smoochum que estaria a mais ou menos sete metros andando lentamente com os seus pulinhos, e dizia ─ vamos lá Togepi, chame atenção dela com um Fairy Wind de leve ─ a pequena pokémon em forma de ovo começaria a reunir um ar em sua boca em seguida dissiparia o mesmo em direção do pokémon do tipo gelo, a fazendo capotar algumas vezes e em seguida chamando a atenção como antecipado por mim. Smoochum se aproximava correndo em direção de Togepi, aproximando perto de seu corpo ela abria a sua boca e tentaria dar uma lambida no pequeno ovinho, quando ela conseguia se esquivar com um salto para trás, mas neste tempo Smoochum se aproximava e em sequência o atingia com um tapa no rosto de Togepi, deixando avermelhado na região.
 
"─ Charm não irá funcionar... Pois ambas são fêmeas..." era o que eu pensaria antes mesmo de dar o ataque a ser realizado por Togepi, enquanto o pokémon adversário voltaria a se afastar em uma distância de apenas cinco metros, e assim eu procuraria testar de nossa sorte aonde Togepi usaria de um ataque aonde o mesmo seria aleatório e em sequência de outro ─ agora use de seu Metronome, e em sequência seu Growl... ─ e assim Togepi começava a se mexer, ele tomaria algum impulso dando passos para trás, correria com toda a sua velocidade em direção de adversário e com um salto subia no ar, o salto iria diagonalmente para cima e como também descia diagonalmente em direção de Smoochum que mal tinha chance de escapar daquele ataque, com os seus pés Togepi acertava ambas mãos de Smoochum que tentava se defender com elas, enquanto ainda no ataque o pequeno ovinho passaria a rosnar para o seu adversário, Smoochum conseguia jogar Togepi para longe que rodopiava e caia no chão em pé.
 
Smoochum tomaria um pouco de tempo para respirar, novamente correria em direção de Togepi, e já na corrida levantaria a sua palma para procurar acertar o Togepi com outra tapada, neste momento eu gritava ─ Fairy Wind! ─ dando apenas a ordem de seu ataque, no intuito de apenas afastar o adversário que se aproximava em uma grande velocidade, o vento era forte, mas ele estaria determinado a atingir Togepi, se aproximando o atingia com outro tapa na região do rosto, do lado oposto no qual teria dado anteriormente.
 
Metronome novamente Togepi! ─ aproveita que Smoochum ainda estaria perto de minha Togepi e neste mesmo momento pegaria de meu book para copiar de seu próximo ataque, caso o mesmo conseguisse reagir ao ataque de meu Togepi, o pequeno ovinho fechava os seus punhos e corria em direção de nosso adversário e logo em sequência o atingia com um soco em sua barriga e neste momento recebia uma lambida em seu rosto, mas neste turno o ataque mais efetivo seria do meu pokémon, e como também eu analisava o ataque de Smoochum e assim passaria a passar pelo meu caderno lentamente, procurando escapar nenhuma informação neste momento e então transcrevendo de seu movimento, mais como um ataque, este seria o Lick. Smoochum parecia ter sempre os mesmos ataques, talvez esta seria a desvantagem de ser um pokémon selvagem e não tinha muitas opções para treinar e ganhar mais experiências conforme suas lutas, ele se levantava após o soco dado pelo Togepi escorando com suas duas mãos no chão, ele parecia estar um pouco desnorteado após aquilo, em seguida levantava a palma de sua mão e correria em direção de Togepi enquanto gritava ─ SMOOOOOCHUM! ─ ela parecia estar brava, não sabia dos motivos, mas ela não parecia querer perder aquela batalha, eu focava em sua aproximação e como também não perderia aquela vantagem já que a mesma estaria bem fraca após todos aqueles rounds ─ Togepi, Fairy Wind! ─ ataques repetitivos quase toda hora, e isto continuaria até que eu descobrisse novos movimentos para os meus pokémons, ela recuava com pequenos saltos buscando aumentar a distância entre Smoochum enquanto canalizava todo o ar em seu pulmão, em sequência soltaria tudo ali localizado em direção de Smoochum que fazia o mesmo cair de costas e batendo a mesma, a areia era macia e por isto não recebia danos muito graves, mas ela ainda estaria consciente e se continuasse assim poderia ter mais chances de ela não ficar dentro de minha pokébola, já que eu teria visto de seu poder e além de seu do tipo gelo, era bem forte.
 
Eu me aproximava lentamente de Smoochum, enquanto eu dizia ─ me desculpe... Togepi, finalize com Fairy Wind! ─ ela ainda estaria no chão, Togepi daria um enorme salto e então soltaria todo aquele ar fazendo com que a mesma lutasse contra a gravidade de uma maneira diferente, o seu corpo iria sendo "esmagado" entre o vento e o solo, e por alguns segundos a mesma iria ficando inconsciente, ao desmaiar daria a vitória para Togepi.

LOG:


______________________
• Turn 1: Togepi (Fairy Wind)
• Turn 2: Smoochum (Lick)
• Turn 3: Smoochum (Pound)
• Turn 4: Togepi (Metronome)
• Turn 5: Growl (Fairy Wind)
• Turn 6: Smoochum (Pound)
• Turn 7: Fairy Wind (Togepi)
• Turn 8: Metronome (Togepi)
• Turn 9: Lick (Smoochum)
• Turn 10: Pound (Smoochum)
• Turn 11: Fairy Wind (Togepi)
• Turn 12: Fairy Wind (Togepi)
______________________

 
Pego umas de minhas pokébolas encontradas na areia ao decorrer de minha jornada, me aproximava de Smoochum e então dizia enquanto rodava a pokébola fazia em minha mão ─ espero que você entre, desta maneira se tornará um membro de minha equipe, e irei lhe treinar bastante e mostrar de seu poder... ─ me agachava se aproximando minha pokébola, e levemente apenas soltava fazendo com que ela caísse lentamente e bem fraca no corpo de Smoochum, a pokébola se movia de um lado para o outro enquanto faria pequenos piscos com o tom vermelho em seu centro, passando exatos sete segundos ela pararia e dando sinal que Smoochum teria sido capturado com sucesso, eu pego aquela pokébola e em sequência eu guardo dentro de minha vestimenta, olhando para o lado eu veria que Larvitar estaria assistindo tudo e como também Togepi parecia estar bem cansada após aquela batalha e um pouco ferida.
 
Saco a pokébola de ambos pokémons, e digo ─ descansem um pouco, eu não sei se encontrarei algum obstáculo em breve, mas será bom estarem bem preparados caso eu encontre! ─ jogo a pokébola para cima e ambos eram sugados pelas mesmas após a aparição de um raio vermelho, pego as pokébolas e guardo junto com a do Smoochum, recentemente capturado. O sol estaria se pondo, e em breve todo aquele calor retornaria, eu olhava para frente e já conseguiria ver o fim daquele deserto, e assim veria que estaria pronto para sair daquela rota e como também entrar na cidade ao sul.



Informações
- Evento: Captura - Smoochum
- Dado: Link 
- Move Copiado no Book: Lick
- Pode fechar a rota.
avatar
Mensagens : 28

Pesquisador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Cap.2] — The real desert

Mensagem por Sammy em Seg Jan 08, 2018 11:31 pm

AVALIAÇÃO
Você melhorou sua escrita meus parabéns. No entanto, suas histórias estão começando a se tornar repetitivas, isto é, falta de eventos e novos acontecimentos. Você sempre está salvando um Pokémon, batalhando com um selvagem e caminhando pelo deserto. Tente mudar isso de alguma forma, você pode inventar construções, ruínas ou cavernas pelo seu caminho, dando um ar novo para suas histórias, você também pode se arriscar em outra captura amigável0.

Enredo: 4.0/5.0
Escrita: 3.5/5.0
Total: 7.5/10.0
Muito Bom
Larvitar's HP: 50%


Togepi, está Level 10. Subindo dois níveis. O ovinho agora sabe Sweet Kiss.

Smoochum está Level 8.

16.
Aurelion encontrou uma Heal Ball(Despojos).

avatar
Feminino
Mensagens : 496

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Cap.2] — The real desert

Mensagem por Aurelion em Ter Jan 09, 2018 12:50 pm



- Pode fechar;
- 2 Eventos já realizados.
avatar
Mensagens : 28

Pesquisador
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Cap.2] — The real desert

Mensagem por Janna em Qua Jan 10, 2018 3:24 am

Tópico fechado.
avatar
Mensagens : 345

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Cap.2] — The real desert

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum