Últimos assuntos
» [Jogo] — Retrato
Sab Out 13, 2018 4:44 pm por Yuko

» [Jogo] — Aleatórizador
Sab Out 13, 2018 4:29 pm por Yuko

» Bom Dia, Tarde e Noite.
Sex Set 07, 2018 2:19 pm por Janna

» Exploração — Yoshino & Haley
Sab Ago 18, 2018 7:34 pm por Mathito

» Cap. IV — And the seas are frozen in time...
Sex Ago 17, 2018 11:20 pm por Sammy

» Dados — Yuki Asahina
Qua Ago 15, 2018 11:01 pm por Dados

» Descrição — Exploration Center
Qua Ago 15, 2018 5:48 pm por Apollo

» #6 - Dobradores de Areia
Seg Ago 13, 2018 10:36 pm por Mathito

» [Sugestão] Pontuação Contest Hall
Seg Ago 13, 2018 10:28 pm por Mathito


II — Route 17

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

II — Route 17

Mensagem por Janna em Dom Dez 31, 2017 1:53 am

Route 17
Um pouco mais tranquila, agora eu começava a almejar o primeiro ginásio. Tinha a informação de que ele não era muito longe dali, mas chegar nele não seria muito fácil por se tratar de uma cidade suspensa por poderes psíquicos. Illuce realmente era famosa por essa façanha, atraindo turistas o ano inteiro apenas por causa disso. Eu não conhecia a líder de ginásio, mas no cartão que me foi apresentado, ela parecia uma mulher séria.

Andando tranquilamente e um tanto desligada, eu era surpreendida por um homem que esbarrava em mim e se achava no direito de falar comigo. Não era nem para se desculpar, mas para falar aquele velho clichê de macho babaca. — Olha por onde anda, gostosa. — Minha reação foi automática, sem nem mesmo hesitar. — O QUE DISSE, MACHISTA? — Respondi o garoto, que logo mostrava uma postura estranha, achei que ele iria me agredir, sinceramente.

Quem é você para me afrontar, garota? Volta pra casa que você não vai passar nem dessa rota porque EU vou te derrotar. Você tinha que estar é lavando minhas cuecas. — Disse ele, cheio de convicção. Eu não estava nem um pouco afim de ficar escutando esses discursinhos chatos, então peguei logo a Poké Ball de meus aliados e logo lancei-os no campo para começarmos. — Farei você engolir tudo o que acabou de dizer, além de mandar você pra casa como você acha que vai fazer contra mim.

O cara lançava dois Pokémon e eu logo mostrava a Pokédex para eles, buscando saber que monstrinhos ele havia colocado contra mim. Tratava-se de um Cubchoo e um Blitzle, ambos nativos da região Unova.

Piplup, Teddiursa, vamos mostrar para esse embuste quem manda na nossa jornada. Teddiursa, comece usando o Fake Tears em Blitzle para abaixar sua resistência e Piplup, Bubble!
Cubchoo, Powder Snow! Blitzle, Quick Attack nesse urso aí!
Blitzle iniciava a batalha com um rápido ataque em meu Teddiursa, que não esboçava semblante algum com aquele ataque. Não parecia ter dado um dano razoável para me preocupar. O pequeno ursinho encarregava-se de chorar bastante, mas apenas de falsidade. Assim, ele diminuía a defesa especial da pequena zebra. Cubchoo por sua vez começava assoprando um fraco vento congelante, que acabava acertando os dois e Piplup que já estava acostumado com aquilo, nem mesmo se abalava e desferia uma rajada de bolhas em ambos. O dano acabava por amplificar-se em Blitzle, por causa do movimento anterior. Soltei um pequeno risinho irônico do canto de minha boca, pois era bem divertido ver meus Pokémon levando aquele primeiro turno.

Como eles não podem ter recebido dano algum? Eu sou o melhor treinador da minha rua! C-Cubchoo, o Powder Snow de novo! Blitzle, Quick Attack!
Não gosto de ser didática, mas... você não sabe que não se pode colocar Pokémon mais fracos contra Pokémon mais fortes? Isso nem é básico, é senso comum... Agora pague por isso! Foquem seus ataques todos em Blitzle! Piplup, Tackle e Teddiursa, Covet!

Dessa vez Blitzle tentava colocar mais poder em seu ataque rápido, correndo em círculos antes de partir para cima de Piplup e lhe dar uma cabeçada. Porém, a inocência de seu treinador era tanta que ele tinha mandado ele para um ataque de contato direto quando havia ordenado meus parceiros a focalizar seus movimentos na zebra elétrica. Queria me ver livre desse Pokémon. Teddiursa e Piplup então confrontavam ele, atacando simultaneamente e jogando-o longe, afundando na neve com o impacto. Agora, era um a menos.

Ora, não é tão forte? Não ia me mandar pra casa? Cadê? Tsc... Piplup, use o Bubble de distração enquanto Teddiursa usa o Covet!
Cubchoo, Growl para diminuir os danos e sobreviver mais um turno! Depois Powder Snow!

Cubchoo gritava para diminuir o ataque de meus parceiros, mas não adiantava muito. Piplup abria fogo com suas bolhas na direção do urso polar, enquanto Teddiursa aparecia no meio delas e socava seu nariz protuberante, empurrando-o alguns centímetros com o impacto. Ele caía, mas ameaçava a se levantar, então dei o ultimato. — Não deixe ele se recuperar, use o Scratch agora! — E então Teddiursa avançava, arranhando seu rosto e não deixando o urso voltar para batalhar.

Não, meus Pokémon! Você é louca, usou mais números! Venceu de forma suja, eu não aceito perder pra mulher! Que vergonha! — Choramingava, por perder para mim. E eu retrucava, não deixei por menos.
Então se vira aí meu amor, se enfiou nessa batalha comigo e agora você que se ferre. Pode chorar na barra da calça do seu pai, já que a sua mãe deve ter vergonha da pessoa que você se tornou. — Após isso, virei-me de costas, bem fina. Decidi seguir minha jornada, bem tranquila, como se nada tivesse acontecido.
[hideedit]
avatar
Mensagens : 345

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: II — Route 17

Mensagem por Apollo em Seg Jan 01, 2018 10:32 am

AVALIAÇÃO
Gostei de sua narração, foi levemente curta, porém bem escrita. Ao meu ver, os únicos problemas foram a batalha levemente corrida — na qual eu achava que poderia durar mais um ou dois parágrafos — e acho que você poderia ter descrito um pouco o cenário e até mesmo seu adversário. Entretanto, o texto e a batalha foram bem executados. Por final, dou-lhe um Muito Bom.


  • Piplup recebeu 2 níveis, chegando ao nível 9. Piplup aprendeu Bubble.
  • Teddiursa recebeu 2 níveis, chegando ao nível 8. Teddiursa aprendeu Fury Swipes.
  • Janna achou uma Oran Berry.
  • Janna recebeu 220¥‎‎‎.

avatar
Masculino
Mensagens : 472

http://aurille.forumeiros.com
Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: II — Route 17

Mensagem por Janna em Seg Jan 01, 2018 1:44 pm

Route 17
Nossa jornada acontecia tranquilamente pela Route 17. Já fazia algum tempo que não esbarrávamos em outra pessoa ou em outro Pokémon. Eu não tinha muita vontade de procurar por Pokémon, para mim estava tranquila apenas a minha equipe atual. Queria mesmo era focar em suas habilidades e em aumentar o poder deles antes de tudo.

Durante minha silenciosa caminhada, escutei um barulho muito estranho. Era baixo, o que me indicava que ele estava um pouco longe de mim. Intuitivamente, segui o som e acabei chegando numa ladeira, onde podia ver um Pokémon virado e se debatendo. Eu mostrei minha Pokédex para ele, que revelava ser um pequeno Swinub.

Fui até lá correndo e desvirei o Pokémon, que respirava aliviado depois de ser salvo por mim. Ele farejava o chão até me achar e logo pulava como uma pipoca. Eu não entendia linguagem corporal de Pokémon, então ele queria me oferecer uma batalha?

Piplup, vamos lá! — Apontei para frente, enquanto o pequeno pinguim ia até lá. — Use o Bubble!

Piplup era mais rápido e emitia várias bolhas, que em contato com o corpo do Pokémon se explodiam e molhavam sua pele por baixo. Ele continuava o ataque para causar ainda mais danos, enquanto Swinub escolhia pular entre as bolhas e jogar seu corpo sobre ele.

Piplup, use o Bubble e em seguida o Pound!

Ele continuava a rajada de bolhas, repetindo o turno passado. Swinub fazia o mesmo com seu Tackle e colidia com Piplup, que arremessava ambos para locais opostos. Swinub mostrava que ainda tinha como continuar, enquanto o pinguim azulado se mostrava um pouco mais ofegante por causa da batalha passada. Joguei uma Oran Berry para ele, que comia com prazer, restaurando a sua energia.

Piplup, continue com o Pound!

Agora ele partia para cima com suas nadadeiras. Swinub detectava sua aproximação e desviava do movimento, revidando com outro Tackle e atirando Piplup alguns metros para trás. Ainda assim, ele conseguia atirar algumas bolhas por vontade própria para não deixar o turno em branco e Swinub sair sem se machucar.

Piplup, finalize isso com o Bubble!

Piplup ignorava as minhas ordens, muito para meu descontentamento. Não tinha porque ele fazer aquilo. O pinguim ia pra cima do mesmo jeito, dando diversos tapas no corpo do Pokémon de terra, que caía desmaiado em meio ao chão terroso. Eu não havia entendido que ele tinha algo melhor em mente.

Depois disso, peguei uma Poké Ball em minha mochila e lancei sobre seu corpo, transformando seu corpo numa luz vermelha que engolia ele para dentro, balançando até que a captura se concretizasse. Ao ser consumada, andei até a esfera e a coloquei na lateral da minha mochila, onde a Poké Ball de Teddiursa se situava.
[hideedit]
avatar
Mensagens : 345

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: II — Route 17

Mensagem por Sammy em Seg Jan 01, 2018 10:46 pm

AVALIAÇÃO
Saudações. Seu texto é um bom texto, mas é um texto padrão, é textos padrões recebem notas padrões. Eu senti na "essência" de seu Texto que você não o fez para prosseguir a historia de Janna, apenas o fez para capturar o Swinub e ponto. Vejamos, você encontra um pokémon caído no chão e o "salva", ele agradece com pulinhos fofos e grunhidos, você não entende e luta violentamente contra o mesmo? Me soa cruel. Seu post merece um Bom.


Piplup, recebeu 1 Níveis, com isso está Level 10.

Janna recebeu um Burn Heal (Despojo).

Swinub #220:

• Pokémon
Swinub
• Nível
8
• Sexo
Macho
• Habilidade
Snow Cloak
• Item
Nenhum

• Ataques
Tackle
Odor Sleuth
Mud Sport
Powder Snow

avatar
Feminino
Mensagens : 496

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: II — Route 17

Mensagem por Janna em Ter Jan 02, 2018 10:57 pm

Route 17
Continuei minha jornada ofegante, passando um pouco mal por não ter comido algo em um espaço de tempo grande. Eu até achei uma fruta em minha mochila, mas ainda assim decidi deixá-la quieta ali para caso um Pokémon meu realmente precisasse. Enquanto isso, pensava em outras coisas que não me remetessem à comida, assim não sofria tanto assim.

Eu caminhava lentamente pelo descampado, em busca de chegar à próxima cidade. Ouvia um barulho de motocicleta bem longe, mas decidi não dar importância para aquilo, já que poderia ser apenas outra pessoa fazendo a mesma travessia que eu. O motor do veículo aumentava cada vez mais o volume, indicando a sua aproximação. Dessa vez, pude escutar a pessoa liberando seu Pokémon e após isso, apenas senti um enorme peso em minhas costas que me derrubava.

Juntando isso com minha fome, eu acabava desmaiando. Não tive noção do tempo que havia ficado desacordada, mas sabia que era o suficiente para que me levasse para trás de umas pedras, pegasse meus três Pokémon e se acomodasse. Ele ficava longe, mexendo em algo que eu não conseguia ver, enquanto seu Pokémon fazia guarda do corpo fraco que haviam acabado de raptar. O homem parecia tranquilo por ter sido tão fácil e começava a se arrumar para ir embora. O guarda percebia que eu estava acordado e logo corria atrás dele, dando tempo de eu me levantar bem furiosa.

Parece que a princesa acordou. Vamos lhe dar as boas-vindas, Hariyama? — Disse aquela voz áspera, que me enchia de medo. Eu não podia deixá-lo perceber isso, então eu continuei mantendo a pose de desentendida. O Pokémon gritava, batendo suas duas grandes mãos que ecoavam por toda a tundra.

Pode me explicar o que é isso tudo? — Retruquei, um pouco mais calma após respirar profundamente. — Você está a mando de quem?

Não te interessa. Tenho apenas ordens para te levar viva ou morta para minha soberana. Você não pode fugir, eu posso te seguir para onde for. Não há como correr. — Continuou, rindo sadicamente. Ele tinha isso em mente, mas era óbvio que eu estava procurando em todos os lugares por uma rota de fuga. Eu já tinha noção de onde ele havia colocado as Poké Balls, mas não tinha como apanhá-las naquela hora.

O homem aproximava-se ainda mais e Hariyama ficava longe dele. Parecia que viria para bater em mim, mas sabe se lá de onde tirei forças e fechei minha mão, dando um soco em seu queixo. Isso me dava tempo para correr até a mesa e pegar minhas três Poké Balls, mas não de fugir completamente. Ele corria até mim e depois de alguns minutos de luta corporal, acabei sendo imobilizada e agarrada por ele.

Ao ser agarrada, fiquei sem esperanças. Eu não sabia o que aquela mulher que ele tinha mencionado queria comigo, mas eu tive medo do que poderia ser. O homem tinha me subjugado completamente. — Você achou mesmo que poderia me enganar? Se toca, garota.

Quando ele terminava de falar, a marca do turbilhão em minha mão começava a brilhar, mudando logo a velocidade da corrente dos ventos. Meu corpo emitia um pulso que jogava o homem alguns metros de onde eu estava, enquanto eu liberava Piplup e Hariyama vinha em sua defesa. O cenário era composto de um grande descampado, com uma mesa portátil ao nordeste e a motocicleta nas proximidades. Em volta, haviam algumas pedras empilhadas naturalmente e alguma vegetação rasteira.

Piplup, comece com o Pound!
Hariyama, Arm Thrust!

O pequeno tinha a vantagem, mas nem chegava perto de Hariyama e já era atingido por alguns fortes tapas, que o devolviam para seu lugar de origem. Percebi então que ataques diretos não fariam o mínimo efeito, pois aquilo iria apenas continuar a se repetir. O olhar do Pokémon era intimidador, que fazia Piplup quase chorar. Ele tentava se esconder olhando para baixo, evitando qualquer tipo de contato visual.

Hariyama, Arm Thrust e em seguida Tackle!
Piplup, desvie dos ataques e use o Pound em ambas as pernas dele!

Hariyama decidiu avançar, com suas mãos na frente do corpo, tentando dar vários tapas usando elas. Piplup conseguiu desviar de todos eles ao dar alguns pulos para os lados. Logo depois, usou sua nadadeira para atingir a perna esquerda dele. O Pokémon lutador perdia um pouco de seu equilíbrio, apoiando seu corpo no chão. Recuperando-se, Hariyama decidiu não usar o Tackle e sim continuar os Arm Thrusts, dos quais Piplup conseguia novamente desviar e usar o Pound dessa vez na outra perna. O Pokémon urrava de dor.

Piplup, agora continue a usar o Bubble de uma distância segura!
Hariyama, Sand-Attack para atrapalhar sua pontaria e depois use Brine!

Piplup continuava a mirar nas pernas de Hariyama, atirando suas bolhas nelas para dificultar ainda mais sua movimentação. O Pokémon agora era obrigado a usar ataques à distância, pois sabia que não conseguiria correr sustentando seu peso. Ainda assim, ele decidiu pisar forte no chão e a poeira que subia ia direto para Piplup, dificultando sua visão. O pinguim azulado ainda continuava atirando suas bolhas, dessa vez errando por pouco seu alvo. Ainda assim, Hariyama tinha claros sinais de cansaço e podia colapsar a qualquer momento.

Force Palm!
Piplup, continue usando o Bubble!

O aquático continuava com as suas bolhas, esforçando-se para acertá-las diante da sombra do lutador, que permanecia onde estava. Hariyama ignorava as ordens de seu treinador, pois ele sabia que não conseguiria ir até Piplup usar o movimento designado. As bolhas explodiam em seu corpo, fazendo-o desmaiar.

Eu sabia que não era uma hora de comemoração, então aproveitei aquele momento e emiti outro pulso de meu recém-descoberto poder. A onda de ar empurrava o homem para longe, me dando tempo para fugir dali sã e salva, pelo menos por enquanto. Eu não entendia de onde eu tinha tirado aquela força, mas ela tinha me ajudado a sair daquela situação. Desse acontecimento em diante, me preparei para que novas pessoas viessem ao meu encontro. Corri para a próxima cidade, assim poderia conseguir comida e esconderijo caso aquele homem me seguisse novamente.
[hideedit]
avatar
Mensagens : 345

Admin
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: II — Route 17

Mensagem por Ivy em Ter Jan 02, 2018 11:42 pm

AVALIAÇÃO
Oie! Gostei muito do seu texto, apesar de que acho que deveria ter tido um desenvolvimento melhor no momento do sequestro, mas isso é só opinião minha mesmo que escrevo uma bíblia por refeição. Fora isso, a batalha foi muito bem feita e utilizou de ótimos "argumentos" narrativos e não se prendeu ao padrão de batalhas de jogo, tá de parabéns por isso. Gostei muito também da história da sua personagem e a grande chance de agora ela se tornar caçada permitindo que você desenvolva um longo plot por toda sua jornada, merece um Ótimo.

Piplup recebeu 3 níveis. Subiu para o nível 13 e aprendeu o que tinha que aprender e fez o que tinha que fazer.

Sorteio (Despojo)
Recebeu 1 Max Revive ; Ganhou 175¥ pela vitória.
avatar
Masculino
Mensagens : 60

Perfomer
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: II — Route 17

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum